25/11/2019 às 11h01min - Atualizada em 25/11/2019 às 11h01min

Wellington destaca pioneirismo do Consórcio Nordeste ao despertar interesse de empresas europeias

Dias participou de missão do grupo à Europa onde mostrou as possibilidades de investimentos da região.

Redação

O governador Wellington Dias retornou neste fim de semana ao Piauí. Ele participou de uma iniciativa inovadora no Brasil, a missão internacional do Consórcio Nordeste que apresentou à Europa as oportunidades de investimentos na região para empresas da França, Itália e Alemanha. Nos encontros realizados em Paris, Roma e Berlim, entre segunda (18) e sexta-feira (22), a união dos nove estados chamou a atenção dos empresários e autoridades governamentais. Nas reuniões, gestores nordestinos também explicaram o funcionamento do consórcio e o potencial do Nordeste, um mercado de 57 milhões de consumidores.

“Para quem não conhecia as possibilidades de investimentos, foi uma oportunidade de saber o nosso potencial. Quem já investe no Brasil e não tem ações no Nordeste, é uma nova visão para novos investimentos. E com aqueles que já investem, pudemos estreitar os laços e reforçar parcerias, além de buscar novas possibilidades. O resultado foi muito positivo, pois percebemos claramente o interesse que eles manifestaram de participar de licitações, concorrências e também de parcerias público-privadas. Saio bastante animado com as perspectivas”, comentou o governador Wellington Dias.

Em Berlim, última cidade da agenda, os representantes dos nove estados estiveram, na sexta-feira, nas sedes dos Ministérios da Economia, Educação e Cooperação e Desenvolvimento da Alemanha, onde explicaram o funcionamento do Consórcio Nordeste, com o objetivo de fortalecer as relações de cooperação, ampliar o fluxo de negócios com investidores europeus e gerar emprego e renda. Também fez parte da agenda uma reunião com diversos empresários alemães realizada na Associação das Câmaras Alemãs de Comércio e Indústria.

Na passagem pelas três capitais, o consórcio destacou o potencial de consumo e de desenvolvimento da região brasileira, que tem um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 898,1 bilhões, equivalente a 14% do PIB brasileiro. A viagem é uma articulação para atração de investimentos, inclusive com a perspectiva de abertura de parcerias público-privadas (PPPs).

“O objetivo de buscar acelerar o desenvolvimento e a geração de emprego foi plenamente alcançado a partir da integração econômica com a Europa. Estamos programando uma ida à Espanha e Bruxelas no início de 2020 para fazer contato com o banco europeu de investimentos e visitar o parlamento. Depois, China e Rússia para continuar dando visibilidade ao Nordeste”, comentou o governador da Bahia e presidente do Consórcio Nordeste, Rui Costa.

Ainda segundo o presidente do consórcio, estão previstos dois encontros no primeiro trimestre do ano que vem, no Nordeste, para divulgar, detalhadamente, aos investidores estrangeiros as licitações nas áreas de tratamento de água, esgoto, resíduos sólidos, transporte e cidade sustentável.

O governador Wellington Dias afirma que vai trabalhar a equipe do Governo do Piauí, de forma integrada, para dar suporte e celeridade no atendimento às demandas desses investidores. “Vamos dar uma atenção especial a esses investimentos, pois tudo que for investido em nosso estado por esses países representa desenvolvimento para o Piauí, e melhorias para a população, por meio da geração de emprego e renda, girando a economia. Sem falar na questão da sustentabilidade, que é algo muito presente nos investimentos dos países europeus”, completa o chefe do Executivo piauiense.

Na Itália, onde estiveram reunidos com empresários em Roma, os gestores apresentaram o potencial da região para investimentos em áreas como sustentabilidade, infraestrutura, turismo, saúde, segurança pública, saneamento e energias limpas. O evento foi organizado pela Confederação Geral da Indústria Italiana (Confindustria).

A França foi o primeiro país de destino do consórcio. Os compromissos em Paris foram divididos em dois dias, na segunda e terça-feira (19), e também contou com a participação de empresários locais. A agenda incluiu encontro com a diretoria geral da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), para tratar sobre crédito para investimentos, principalmente, nas áreas de sustentabilidade e agricultura familiar. Na ocasião, foi assinada uma carta de intenção de cooperação, entre o consórcio e a secretária de Estado do Ministério de Transição Ecológica e Solidária, Brune Poirson, nas áreas de meio ambiente e cidade sustentável.

Participaram da missão do Consórcio Nordeste na Europa os governadores Rui Costa (Bahia), Renan Filho (Alagoas), Camilo Santana (Ceará), João Azevêdo (Paraíba), Paulo Câmara (Pernambuco), Wellington Dias (Piauí), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), assim como o vice-governador Carlos Brandão (Maranhão). O governador de Sergipe foi representado pelo superintendente de Parcerias Público Privadas, Oliveira Junior.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp