31/10/2013 às 17h06min - Atualizada em 31/10/2013 às 17h06min

Dois homens são presos em Riacho Frio por perturbação do sossego público e resistência à prisão

Policiais chegaram a usar arma de choque e atirar para o alto

Portal Corrente; foto ilustrativa.

Foram presos na manhã desta quinta-feira (31), no município de Riacho Frio, D.H.M.S., 23 anos, pintor, e G.M.C., 47 anos, técnico em telecomunicação, acusados de perturbar a ordem pública, desacatar a autoridade policial e resistir à prisão. De acordo com o Sargento Rosa, um dos indivíduos, dono de um veículo Golf prata, estava na noite do dia anterior com o som do carro ligado em volume acima do permitido, perturbando toda a vizinhança do bar onde se encontrava bebendo. “Fomos chamados à noite por moradores vizinhos ao bar porque o volume do som estava alto demais. Solicitamos que ele abaixasse o som. Para a nossa surpresa, às cinco da manhã recebemos outro telefonema, de uma vizinha do bar, afirmando que sua mãe, que é idosa e doente, não conseguiu dormir a noite inteira por causa do som do carro. Quando chegamos ao local, tratava-se do mesmo indivíduo”, relata o policial militar, que conta ainda que o sujeito não abaixou o som do carro. “Foi quando anunciei que iria apreender o som do carro, e por conseguinte, o próprio carro, já que o som está instalado no veículo. O proprietário disse que não tinha a chave do carro e que eu não poderia leva-lo. Depois de breve discussão, dei voz de prisão e o sujeito e seu pai reagiram, e após luta corporal utilizei o aparelho de choque e cheguei até a dar tiros para o alto, como forma de coibi-los, já que eu estava sozinho”, contou o policial, que prendeu ambos em flagrante por perturbação da ordem, desacato e ameaça.

O Sargento Rosa disse ainda que na vinda de Riacho Frio com os presos, o pai do dono do veículo passou mal e chegou a ser socorrido no Hospital Regional de Corrente. “Fui novamente ameaçado de morte pelo filho, que alegou que o pai sofria de pressão alta. O que me estranha é que uma pessoa que tenha sérios problemas de saúde passe a noite em claro, bebendo num bar”, relatou.

Ambos encontram-se presos na 10a. Delegacia Regional de Corrente e serão indiciados por perturbação do sossego público e resistência à prisão. Após pagamento de fiança, pai e filho serão liberados.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp