05/03/2020 às 17h29min - Atualizada em 05/03/2020 às 17h29min

Governador comemora aniversário e arrecada doações para pessoas em situação de rua

Wellington celebrou a nova idade no centro social Casa de Maria, na zona norte de Teresina.

Redação

O governador Wellington Dias completa, nesta quinta-feira (5), 58 anos de idade. O chefe do Executivo piauiense comemorou a nova idade no centro social Casa de Maria em ação solidária em prol da Associação Beneficente São Paulo Apóstolo (Abespa), entidade que visa resgatar a cidadania da população em situação de rua.

Comemorar o aniversário em instituições beneficentes já é uma tradição do governador. Ele, que estava acompanhado da primeira-dama Rejane Dias e da vice-governadora Regina Sousa, além de outras autoridades e gestores estaduais, cantou os parabéns ao redor do bolo, fez uma oração e agradeceu a presença de todos. Na oportunidade, os convidados fizeram doações à entidade.

“Há uma mensagem de Jesus Cristo que é o grande segredo da vida: amar e fazer ao próximo aquilo que desejamos para nós mesmos. Há quase duas décadas tenho feito do meu aniversário um momento de amor e solidariedade ao próximo e tenho certeza de que os familiares e amigos saem muito mais felizes presenteando a quem necessita. Hoje me reúno com essas pessoas que muitas vezes não têm o que comer e nem vestir. É nosso dever ter um olhar cuidadoso para com elas”, destacou Wellington, que anunciou investimentos para o centro social, tais como a instalação de placa de energia solar, que reduzirá os gastos em energia elétrica.

Segundo o governador, o Estado tem avançado nas políticas públicas voltadas a esse público. “Aprovamos agora na Assembleia Legislativa uma nova lei para que essas pessoas tenham uma maior assistência. Elas não conseguem entrar em um programa de habitação e de benefício da prestação continuada porque não têm um endereço. Agora, o Estado garante o atendimento e, com isso, um novo caminho é aberto, uma nova porta para a cidadania. Só tenho a agradecer a confiança e a todos que nos ajudam a fazer do Piauí um lugar melhor para se viver”, complementou Dias.

Para Rodrigo Firmino, um dos assistidos pela Pastoral do Povo de Rua, o momento é oportuno para os moradores de rua, uma vez que possibilita visibilidade e contribuições a essas pessoas. “Após o falecimento da minha mãe passei a morar na rua, o que já faz um bom tempo, e é uma situação muito difícil. O que nos ajuda de fato é o acolhimento da pastoral, que nos alimenta e nos trata como seres humanos. Para nós é uma satisfação estar hoje no aniversário do governador, pois nos sentimos menos invisíveis. É um dia marcante para mim e acredito que dias melhores virão”, disse Rodrigo.

De acordo com o padre João Paulo, coordenador da Pastoral do Povo de Rua de Teresina, o aniversário vem em boa hora, para ajudar. “O governador faz aniversário, mas nós ganhamos o presente. De fato estávamos precisando dessa ajuda, pois os nossos benfeitores ainda são poucos, e precisamos acolher e alimentar 50 pessoas por dia. Queremos aumentar esse número e ações como essa são muito importantes para ajudar cada vez mais essas pessoas”, pontuou o coordenador.

Até o início de 2021, as pessoas em situação de rua contarão com um novo local de acolhimento. Será o Centro de Apoio em Defesa da População em Situação de Rua, que funcionará ao lado da Casa de Maria, no bairro Vila Operária. “O local foi cedido pela Arquidiocese de Teresina e será totalmente reformado para atender e abrigar essas pessoas durante o dia e noite também. Após cerca de seis meses de acolhimento, o morador de rua será levado à uma república, onde irão receber qualificação profissional para a sua inserção no mercado de trabalho. O local comportará, semestralmente, cerca de 50 a 80 pessoas”, explicou o padre João Paulo.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp