11/12/2013 às 21h28min - Atualizada em 11/12/2013 às 21h28min

Semana Ruralista de Corrente inova oferecendo qualificação ao homem do campo

Programação fez parte das comemorações dos 140 anos do município

Portal Corrente

Por Viviane Setragni

Durante as comemorações dos 140 anos de emancipação política do município de Corrente, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural, promoveu a I Semana Ruralista, de 2 a 6 de dezembro, com o objetivo de proporcionar qualificação ao homem do campo. “Sabemos das adversidades que os agricultores enfrentam e hoje existem técnicas para lidar com essas dificuldades, assim como novas possibilidades de geração de renda para essas pessoas que tanto trabalham. Esse é a nossa intenção, levar novas idéias para que o homem do campo esteja preparado”, enfatizou o prefeito Jesualdo Cavalcanti.

Foram oferecidos cinco cursos: Inseminação Artificial de Bovinos, Apicultura, Meio Ambiente e Recuperação de Matas Ciliares, Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas e Produção de Silagem. Ao total, 53 pessoas receberam os certificados, já que os instrutores foram criteriosos e exigiram requisitos mínimos para a expedição dos diplomas.

Também foram realizadas duas palestras: Destinação Sustentável de Carcaça Bovina e Problemática da Seca e Suas Consequências, que geraram calorosos debates entre os participantes, destacando a importância da discussão a respeito do assunto. Todos os dias, veículos buscaram e levaram os participantes dos cursos vindos da zona rural, além de ser oferecido almoço.

O Secretário Municipal da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Dr. Hélio Paranaguá, esclareceu que a realização da Semana Ruralista somente foi possível graças ao apoio do prefeito Jesualdo Cavalcanti, que acreditou na proposta e entrou com os recursos necessários. “Nosso orçamento para a realização deste evento era de R$ 150 mil reais, que seriam subsidiados pelo Ministério da Agricultura. Graças ao absurdo feito pelos vereadores, ao reprovarem o projeto enviado pelo Ministério da Previdência Social, ficamos inadimplentes  e portanto impossibilitados de receber esse repasse. Mesmo assim, o prefeito entrou com esses valores e após muito negociar, o Ministério irá repassar este valor em calcário, no próximo ano, o que inclusive nos possibilitará realizar outro programa inédito no município – o incentivo ao manejo da terra”, declarou.

Dr. Hélio Paranaguá agradece ao Instituto Batista Correntino, que cedeu os animais necessários para o curso de inseminação, ao Sr. Mário Roberto Nogueira, que cedeu os tratores para o curso de operação e manutenção, e à Fazenda Miridan, que forneceu as colméias para o curso de apicultura. O Secretário esclarece ainda que o curso de silagem não pôde ser concluído devido à grande quantidade de chuvas, sendo que o mesmo será finalizado no mês de abril, com a presença do instrutores e todos os alunos participantes. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp