10/09/2020 às 19h49min - Atualizada em 10/09/2020 às 19h49min

Vice-presidente da Câmara de São Gonçalo do Gurgueia chama a polícia para retirar a população do plenário

Presidente da casa, vereador Orison Magno (MDB), não compareceu à sessão

Viviane Setragni
Portal Corrente

O vice-presidente da Câmara de Vereadores de São Gonçalo do Gurgueia, João Filho (MDB), chamou a Polícia Militar na noite desta quinta-feira (10/09) para retirar a população de dentro do plenário. A comunidade compareceu à sessão ordinária, munida de faixas e cartazes, exigindo que o presidente da casa apresentasse a prestação de contas do exercício financeiro de 2016 da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Gurgueia, sob responsabilidade do ex-prefeito Anderson Luiz Alves dos Santos Figueiredo, o Decym, para ser apreciada e julgada.

"A gente não sabe em qual lei esse vereador está se baseando pra não colocar as contas em votação, mas isso é uma vergonha", disse um dos manifestantes.

As contas de gestão do então prefeito Decym
foram julgadas irregulares por unanimidade pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/PI) e enviadas à Câmara Municipal em março de 2019. Desde a época, um ano e meio atrás, o vereador presidente da Câmara sequer apresentou o julgamento aos pares da casa, que até hoje não tiveram acesso ao documento.

Dentre as irregularidades encontradas pelos auditores do TCE estão pagamento de juros e multas devido a atraso de recolhimentos previdenciários ao INSS, que somaram  de R$ 36.447,55 de prejuízo aos cofres públicos somente no ano de 2016, acumulação ilegal de cargos, iInconsistência no valor do percentual das obrigações patronais, índice de Efetividade da Gestão Municipal – Baixo Nível de Adequação, encontrando-se o município na faixa de resultado mais baixa do índice e descumprimento dos preceitos legais constantes na Lei Nacional de Acesso à Informação (Lei nº 12.527/2011).

A manobra do vereador Orison, que atualmente é do mesmo partido do ex-prefeito (MDB), teria como objetivo evitar que ele ficasse inelegível e impedido de concorrer às eleições municipais deste ano.

Na noite de hoje, o presidente da casa sequer compareceu à sessão. De acordo com o vereador Ronisvaldo Lobato (Ronico), o vice-presidente João Filho iniciou a sessão e abandonou a mesma em 2 minutos, sem qualquer justificativa. Permaneceram no plenário apenas os vereadores 
Lucas Custódio, Geraldo Branco, Ronisvaldo Lobato e Osmarn Lira.










 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp