20/12/2013 às 20h14min - Atualizada em 20/12/2013 às 20h14min

Morre juiz Osório Marques Bastos acusado de comandar crimes no sul do Piauí

Ex-magistrado foi vítima de infarto fulminante

Saraiva Reporter

Morreu no final da manhã dessa sexta-feira (20), o juiz de direito aposentado Osório Marques Bastos, 69 anos, na cidade de Curimatá (PI), distante 775 km de Teresina, vítima de um infarto fulminante. 

O juiz que estava em prisão domiciliar na Fazenda Estrema, no Município de Curimatá, passou mal e chegou a ser atendido no hospital. Osório Bastos perdeu o cargo de juiz após supostas denúncias de liderar quadrilha na Região Sul do Piauí. 

A Diretora do Hospital Júlio Borges de Macedo, em Curimatá-PI, Florenice Jacobina Brito, informou que o juiz, que era muito conhecido na região, deu entrada no hospital por volta das 12 horas desta sexta-feira (20), já sem vida.

“Foi um infarto fulminante, o médico que examinou disse que não havia o que fazer”. Em 2009, Osório Marques Bastos sofreu um infarto na delegacia em que estava preso e em 2011 foi internado após passar mal no Quartel do Corpo de Bombeiros, em Teresina-PI. Osório Bastos foi denunciado pelo Ministério Público Estadual por duplo homicídio em 2008, além de ameaça de morte e porte ilegal de armas.

Ele era um dos magistrados mais temidos do Extremo Sul do Estado. Foi condenado a 11 anos de prisão e foi acusado ainda de falsificação de cartas precatórias e favorecimento a envolvidos em crimes na Região de Curimatá, no Sul do Piauí.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp