17/12/2020 às 09h18min - Atualizada em 17/12/2020 às 09h18min

Bolsonaro assina MP para renegociação das dívidas do setor produtivo

Ascom
O presidente da República, Jair Bolsonaro, assina nesta quinta-feira (17) a Medida Provisória que apoio o setor produtivo e permite a renegociação das dívidas junto aos bancos oficiais pelo Finor e pelo Finam. A solenidade acontece a partir das 15h40 com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e o coordenador da bancada do Nordeste, deputado federal Júlio César Lima, na Cidade Alta, em Porto Seguro, na Bahia.
 
A Medida Provisória permite a renegociação de dívidas de agricultores, comerciantes, industriais e do pessoal da área de serviços. O deputado Júlio César disse que trabalhou o texto da Medida Provisória juntamente com a equipe econômica.
 
“Houve a negociação com o Ministério da Economia para a elaboração do texto dessa Medida Provisória. Com isso, haverá a renegociação dos débitos dos agricultores que a lei que permitia isso foi vencida em dezembro passado. Nessa Medida Provisória entra agora os agricultores, comerciantes, industriais, o pessoal do comércio e serviços que são financiados pelos fundos constitucionais do Nordeste, do Norte e do Centro Oeste”, explicou o deputado Júlio César.
 
O parlamentar observou que essa medida é muito importante para os empresários e agricultores, principalmente para os mini, que são mais de 90% desse universo e poderão renegociar as suas dívidas com o Banco do Brasil, como Banco do Nordeste e com o Banco da Amazônia. E ainda terão acesso a novos financiamentos.
 
Júlio César informou ainda que “essa é uma medida muito importante para todos que têm pendências nos três bancos das três regiões”, finalizou.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp