28/12/2020 às 11h56min - Atualizada em 28/12/2020 às 11h56min

Prefeitura de Avelino Lopes tem HDs furtados em suposto arrombamento

Viagora; com colaboração de Dionario Marques Nogueira
Foto: Dionario Marques Nogueira

Na manhã desta segunda feira (28), a exatos quatro dias para o fim da gestão do prefeito Dióstenes Alves, a prefeitura de Avelino Lopes amanheceu com marcas de um “suposto” arrombamento.

Em oito anos de mandato do atual prefeito, esse que em sua gestão recebeu milhões e mais milhões não houve um pequeno furto, justamente ao termino do seu poder à frente do município de Avelino Lopes, mais precisamente a quatro dias da posse do próximo prefeito, acontece um arrombamento com sinais de queima de arquivos. Isso porque no prédio da prefeitura municipal de Avelino Lopes funciona vários setores da administração pública, porém apenas os HDs dos computadores da contabilidade e que trata dos processos de licitação foram furtados, nos outros setores não sumiu uma caneta sequer.

O prefeito Dióstenes, que está deixando o cargo, tem muito a explicar à justiça sobre atos ocorridos em sua gestão. Sobretudo em ações judiciais tanto na vara estadual como na federal e aos órgãos fiscalizadores de contas.

Na justiça do estado tramita ação penal número 2016.0001.010294-1 como órgão julgador a primeira câmara especializada criminal, ação que tem autoria do MPPI. Já na Justiça Federal, o prefeito responde pelo crime de improbidade administrativa no processo de número 0002549-64.2019.4.01. Neste processo, o gestor é acusado pelo MPF por desvio de finalidade na utilização e aplicação de recursos oriundos do antigo FUNDEF. Em um dos despachos do MPF é posto que: “tudo foi furtado com prática ilícita do requerido”. Tal processo encontra-se na mesa do juiz federal da subseção de corrente Piauí para sentença.

Prefeitura de Avelino Lopes é arrombada e HD´s somem

Prefeitura de Avelino Lopes é arrombada e HD´s somem

Encerrando seu mandato, Dióstenes sai da prefeitura de Avelino Lopes pelas portas do fundo, deixando um município tomado pelo lixo nas ruas, descasos em todos os setores da gestão pública, sem falar na saúde onde o mesmo pouco fez ou quase nada pelo povo. Especialmente durante a pandemia que assola o município, onde o gestor não realizou ações concretas e eficazes de combate à Covid-19. Infelizmente foram perdidas 15 vidas pela doença no município.

Destaca-se que não há transparência com equipe de transição, algo que seria natural por força da lei, e existe ainda a ocultação de informações para a equipe do futuro prefeito. Esse é o legado que deixa o atual gestor.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp