06/01/2021 às 09h03min - Atualizada em 06/01/2021 às 09h03min

PRF prende condutor de caminhão pelo crime de maus-tratos a animais na BR 135 em São Gonçalo do Gurgueia

Dois cães foram encontrados no compartimento de ferramentas, onde não há ventilação. Policiais estimam que os animais estavam viajando há quase 24h nestas condições.

Redação

Policiais Rodoviários Federais prenderam um homem de 47 anos acusado do crime de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais. A ação aconteceu na BR 135 no município de São Gonçalo do Gurguéia/PI.

Os policiais abordaram o veículo de carga M. BENZ/1215 C e solicitaram toda a documentação. O caminhoneiro informou que estava transportando mudanças e vinha de São Paulo/SP e tinha como destino as cidades de Teresina/PI, Piripiri/PI e Pedro II/PI. Ao fazer a vistoria no caminhão, os policiais desconfiaram do homem, pois se apresentava bastante nervoso. Ao verificar a parte traseira do caminhão, os policiais ouviram os latidos de dois cães que foram encontrados em um compartimento do caminhão geralmente utilizado para cozinha ou armazenamento de ferramentas.

Os animais estavam sem comida, sem água e o compartimento onde se encontravam não permitia ventilação, além de ser revestido de aço que aumenta a temperatura interna. Os policiais avaliaram que os cães estavam viajando há quase 24h00 nessas condições.

O caminhoneiro já é conhecido no meio policial, pois possui passagem pelo crime de descaminho. Em setembro de 2020, o homem foi preso por Policiais Rodoviários Federais na cidade de Floriano/PI quando foi encontrado em seu poder mercadorias avaliadas em R$ 370.000,00. 

Diante das circunstâncias, o homem foi preso e encaminhado à Polícia Civil de Bom Jesus/PI para adoção das medidas cabíveis. Ele deverá responder pelo crime de Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais. Os animais por sua vez, encontram-se na Unidade Operacional da PRF de Bom Jesus/PI e deverão ser encaminhados para os órgãos competentes para os devidos cuidados.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp