07/01/2021 às 09h37min - Atualizada em 07/01/2021 às 09h37min

João Mádison diz que Alepi vai denunciar Equatorial ao Ministério Público

"Ela é obrigada a cumpri-la, vamos denunciar ao Procon, vamos ao Ministério Público para que a lei possa estar sendo cumprida", declarou o deputado

Ascom

O deputado estadual João Mádison (MDB) afirmou, em entrevista, que a Assembleia Legislativa do Piauí vai apresentar denúncia contra a Equatorial Piauí junto ao Procon e ao Ministério Público do Estado por descumprir lei.

De acordo com Mádison, o presidente Themístocles Filho sancionou lei, que foi aprovada em dois turnos, que determina o parcelamento da conta de energia para os empresários afetados durante a pandemia do novo coronavírus.

"Nós fizemos uma lei que foi discutida com todos os comerciantes, com toda a classe empresarial, com todos que são usuários de energia para que nós pudéssemos dividir as contas de energia, principalmente das empresas que estão quebradas, fizemos a lei, foi sancionada pelo presidente Themístocles Filho, mas para nossa surpresa a Equatorial não está cumprindo e disse que não vai cumprir", contou o parlamentar.

Para o deputado, a empresa está sendo desrespeitosa. "Isso é um desrespeito à Assembleia Legislativa, ao presidente da Alepi, a nós, deputados, que representamos o estado, se ela contesta que entre na Justiça para contestar, mas ela é obrigada a cumpri-la, vamos denunciar ao Procon, vamos ao Ministério Público para que a lei possa estar sendo cumprida", declarou.

"A Equatorial está brincando com os piauienses, energia de péssima qualidade, passamos mais de 60 horas sem energia, agora cobrando energia altíssima e não quer pelo menos parcelar o pagamento desses empresários que estão quebrados ainda da pandemia", questionou.

Por fim, Mádison adiantou que a Alepi para que a empresa respeite e cumpra a lei. "Nós vamos fazer um movimento de repúdio para que a Equatorial possa respeitar o que foi aprovado na Casa, porque é inadmissível que a Equatorial fique brincando com a lei que foi aprovada em dois turnos e foi sancionada pelo presidente Themístocles. Não se pode admitir chacota, isso é brincadeira o que a Equatorial está fazendo com a Assembleia", finalizou.a

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp