30/04/2014 às 11h16min - Atualizada em 30/04/2014 às 11h16min

Prefeito de Formosa do Rio Preto gasta milhões com combustível e locações de veículos.

Mais de oito milhões e meio de reais só em 2013, cidade tem menos de 25 mil habitantes.

Cristiano Setragni

O vereador Netinho, em Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores da cidade de Formosa do Rio Preto, estado da Bahia, realizada em 29 de abril,  denunciou o prefeito Jabes Júnior em relação a gastos excessivos com despesas de combustível e locação de máquinas e veículos pela prefeitura municipal. 

De acordo com a matéria publicada por Luís Carlos Nunes, no site Oeste Global, em 2013 foram gastos R$ 2.382.789,02 (dois milhões, trezentos e oitenta e dois mil, setecentos e oitenta e nove reais e dois centavos) somente com combustível.

A estes gastos somam-se fretamento de veículos que consumiram do erário público no mesmo período a cifra de R$ 4.182.617,62 (quatro milhões, cento e oitenta e dois mil, seiscentos e dezessete reais e sessenta e dois centavos).

A prefeitura de Formosa do Rio Preto destinou R$ 2.149.455,90 (dois milhões, cento e quarenta e nove mil, quatrocentos e cinquenta e cinco reais e noventa centavos) na locação de máquinas que são pagas por hora trabalhada.

_DSC5932

_DSC5932

Ao longo do município as estradas estão em estado lastimável de manutenção e conservação

Veja alguns cálculos utilizando os gastos de combustível da prefeitura de Formosa do Rio Preto, levando em conta a média do preço na bomba (varejo) nos postos da cidade.

Vamos supor, já que não se sabe a proporção de diesel e gasolina comprados com estes R$ 2.382.789,02). Que seja meio a meio, então neste caso teríamos R$ 1.191.394,51 (um milhão, cento e noventa e um mil, trezentos e noventa e quatro reais e cinquenta e um centavos) de gasolina e R$ 1.191.394,51 (um milhão, cento e noventa e um mil, trezentos e noventa e quatro reais e cinquenta e um centavos) em diesel.

Gasolina

combustivel

combustivel

R$ 1.191.394,51 em gasolina: Tendo em vista que o preço médio em Formosa do Rio Preto está em torno de R$ 3,00 este dinheiro daria para comprar na bomba e a preço de varejo pouco mais de 397.131,50 (trezentos e noventa e sete mil, cento e trinta e um) litros de gasolina.

Levando-se em consideração, um carro popular com consumo de 12 km com um litro de gasolina, seria possível dar mais de 12 (doze) viagens até a lua ou o suficiente para dar 119 (cento e dezenove) voltas em torno do planeta terra.

Óleo diesel

R$ 1.191.394,51 em diesel: Tendo em vista que o preço médio do óleo diesel está em torno de R$ 2,50, este dinheiro daria para comprar na bomba e a preço de varejo 476.557,80 (quatrocentos e setenta e seis mil, quinhentos e cinquenta e sete) litros de óleo diesel.

Um caminhão basculante faz em média 7 km com um litro de diesel, para gastar esta quantidade seria possível ir à Lua por 08 vezes e meia, ou dar 83 voltas em torno da terra.

Locação de máquinas e equipamentos

locação máquinas

locação máquinas

R$ 2.149.455,90: O resultado é de 8.597,82 horas no ano de 2013 com média de 21 dias por mês, de segunda a sexta-feira com período de trabalho de oito horas diárias.

Seria necessário mais de quatro máquinas para fechar a conta. O que se observa ao longo do município são estradas em estado lastimável de manutenção e conservação.

Locação de veículos

Frete de veículos

Frete de veículos

Os valores apurados de acordo com as contas do município para o ano de 2013 referente a locação de veículos destinados a atender as necessidades de diversas secretarias ultrapassa limites coerentes para qualquer conta que se faça.

Na apuração ficou evidente que os valores mensais que somados no exercício de 2013 chegam ao valor considerável de R$ 4.182.617,62 (quatro milhões, cento e oitenta e dois mil, seiscentos e dezessete reais e sessenta e dois centavos).  Os valores estão resumidos em uma planilha onde consta o valor total de cada mês com as respectivas datas quando ocorreram os pagamentos.

O cálculo para apurar a quantidade de carros alugados ou a quantidade de quilômetros percorridos uma vez que o processo licitatório trás o valor por km mostram resultados exorbitantes. Segue exemplo:

R$ 4.182.617,62 (quatro milhões, cento e oitenta e dois mil, seiscentos e dezessete reais e sessenta e dois centavos) dividido por um valor médio de quilômetros a R$ 3,00 (consideramos aleatoriamente) temos a soma de 1.394.205,8 (um milhão, trezentos e noventa e quatro mil, duzentos e cinco quilômetros e oitocentos metros) percorridos em um ano.

Sendo esse valor divido por 12 meses o resultado é de 116.183,8 (cento e dezesseis mil, cento e oitenta e três quilômetros e oitocentos metros). Dividido por 21 dias, chega ao resultado de 5.532,5 (cinco mil, quinhentos e trinta e dois quilômetros e quinhentos metros).

5.532,5 QUILÔMETROS POR DIA.

Para um município onde a frota da prefeitura circula regularmente e segundo consta, não existe a quantia de veículos fazendo esse transporte diário, não há como rodar todas as distâncias do município e atingir essa quilometragem.

Explicações

O prefeito precisa explicar onde foi gasto todo este combustível, precisa também apresentar a relação de veículos que compõe a frota da prefeitura e também os locados, sua localização, identificação (placa) e o consumo mensal de combustível de cada veículo.

Formosa do Rio Preto, tem em torno de 24.799 mil habitantes (estimativa IBGE 2013).

O caso já foi apresentado pelo vereador Netinho (PT) em sessão plenária na câmara de vereadores de Formosa do Rio Preto no dia 29 de abril e o Ministério Público já protocolou recebimento da denúncia com documentos e fortes indícios de irregularidades.

 

Com informações do site Oeste Global e Luís Carlos Nunes


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp