21/06/2014 às 20h14min - Atualizada em 21/06/2014 às 20h14min

Cícero Magalhães anuncia acordo que beneficia comerciários

Convenção trabalhista beneficia os comerciários do setor de supermercados do Piau

Alepi

Ao ocupar a tribuna esta semana, o deputado Cícero Magalhães (PT) anunciou que foi assinada a convenção trabalhista que beneficia os comerciários do setor de supermercados do Piauí. Ele disse que até o final de 2014 a categoria, além do direito a um tíquete-alimentação de R$ 7,50, terá um piso salarial de R$ 869,00 até o final deste ano e, a partir de janeiro de 2015, receberá R$ 899,00.

Cícero Magalhães afirmou que o acordo representa um avanço para os funcionários dos supermercados, principalmente em relação ao tíquete-alimentação, e lembrou que continuam as negociações entre empresários e representantes do Sindicato dos Comerciários do Piauí visando a definição da convenção trabalhista que envolve os empregados do setor de lojas.

Em outra parte do seu pronunciamento, o deputado do PT criticou “aqueles que esperavam que a Copa do Mundo no Brasil não desse certo” e que chamaram de abusivos os gastos com os preparativos do evento, argumentando que os recursos deveriam ter sido investidos em saúde e educação. “Na verdade, desde 2010, foram investidos em saúde e educação cerca de R$ 1,3 trilhão, enquanto que os recursos aplicados na Copa foram de pouco mais de R$ 8 bilhões”, acrescentou ele.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (PMDB), disse que a Copa do Mundo está proporcionando mídia de graça para o Brasil em todo o mundo. Ele pediu a Cícero Magalhães que procurasse saber quanto custaria para o Brasil se fosse pagar o valor dessa mídia. Cícero Magalhães prometeu saber o valor e concluiu dizendo que “estou muito feliz com a Copa do Mundo do Brasil”.


Por J. Barros - Edição: Katya D'Angelles 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp