18/02/2015 às 17h23min - Atualizada em 18/02/2015 às 17h23min

Buraco na cabeceira da ponte sobre o Rio Paraim, na PI 255, ameaça a vida dos motoristas

Toda extensão da PI está cheia de panelas e vegetação toma conta da pista. Desde que foi inaugurada, DER nunca realizou manutenção.

Portal Corrente

Um motorista desavisado que trafegar pela PI 255, no extremo sul do estado, corre sérios riscos de sofrer um grave acidente. A rodovia que liga o município de Corrente à Parnaguá está cheio de imensas panelas, obrigando os condutores de carros, caminhões e motocicletas a realizarem manobras perigosas.

O trecho mais perigoso pode ser encontrado na localidade de Fazenda de Cima, divisa entre os municípios, onde um buraco na cabeceira da ponte sobre o Rio Paraim põe em risco o fluxo de veículos. Por causa do buraco, toda a água da chuva que escorre da superfície da ponte está escoando por ele, ocasionando a erosão do aterro da cabeceira.

Inaugurada há menos de 4 anos, a PI não recebe manutenção desde então. Questionados sobre possíveis trabalhos de reparos, os moradores são enfáticos em afirmar que o DER (Departamento de Estradas e Rodagens) nunca realizou qualquer tipo de manutenção. Em toda sua extensão, a sinalização vertical está completamente danificada ou ausente.

Por todo o trecho a ocorrência de acidentes é frequente, inclusive com óbito.

Informações que chegaram ao Portal Corrente afirmam ainda que a PI que liga Corrente ao município de Riacho Frio estaria nas mesmas condições, assim como os trechos entre a BR 135 e Barreiras do Piauí e de Curimatá a Redenção do Gurgueia. 


Vegetação tomou conta do acostamento, tirando a visão dos motoristas e obrigando os pedestres a caminhar pela rodovia

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp