15/06/2015 às 10h04min - Atualizada em 15/06/2015 às 10h04min

Piauí é beneficiado com habitação rural do Minha Casa Minha Vida

O estado foi beneficiado principalmente com o programa Sub50, com mais de 90 municípios contemplados.

CCOM

Desde o lançamento do Programa Minha Casa, Minha Vida, o Governo Federal, em parceria com as prefeituras municipais, sindicatos, cooperativas e outras entidades devidamente legalizadas, está produzindo moradias na zona rural de todo o Brasil. O Piauí foi beneficiado principalmente com o programa Sub50, com mais de 90 municípios contemplados, por meio da Agência de Desenvolvimento Habitacional (ADH), e pelo Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), atualmente esperando a liberação do MCMV 3 para voltar a construir.

“O Minha Casa MInha Vida é o maior programa de inclusão social através da habitação que temos conhecimento”, declara a diretora-geral da ADH, Gilvana Gayoso. Segundo ela, no momento, através do PNHR, a Agência está com dois projetos contratados, sendo um para a cidade de Geminiano e outro para Aroazes, com 50 casas em cada município.

“Atualmente, qualquer associação rural tem acesso direto ao PNHR. Ou seja, todos os segmentos trabalham em parceria para diminuir o déficit habitacional do nosso estado”, completa Gilvana.

A diretora-geral da ADH explica que o PMCMV atende famílias com renda de zero a três salários mínimos. “Foram anos sem construir na zona rural, felizmente o Minha Casa, Minha Vida  surgiu  para atender esse público também”, afirma Gilvana Gayoso.

De acordo com a diretora, para participar do Programa, o critério principal é não ter casa própria e ter renda de pelo menos até R$ 1.600,00. Ela finaliza dizendo que as novas contratações do PNHR, por meio da ADH, estão dependendo do lançamento do Minha Casa, Minha Vida 3, previsto para o segundo semestre deste ano.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp