05/08/2015 às 11h08min - Atualizada em 05/08/2015 às 11h08min

V Conferência de Assistência Social discute aperfeiçoamento do SUAS em Corrente

Evento foi realizado nesta terça (04/08), na Casa da Cultura

Ascom

Foi realizada na manhã desta terça-feira (04/08), no município de Corrente, a V Conferência Municipal de Assistência Social. O evento foi promovido pela Prefeitura de Corrente, através da Secretaria de Trabalho e Cidadania, em parceria com o Conselho Municipal de Assistência Social.

A Conferência teve como objetivo promover a discussão sobre a importância das políticas socioassistenciais, através do Sistema Único de Assistência Social (Suas), assim como propor novas diretrizes para o seu aperfeiçoamento, além de eleger delegados para a Conferência Estadual de Assistência Social.

O vereador Edilson de Araújo Nogueira, que representou o prefeito Jesualdo Cavalcanti na solenidade, ressaltou os avanços das políticas públicas no Brasil, desde o Fome Zero. “O país vive hoje uma nova realidade, onde milhões de pessoas deixaram de ser miseráveis, graças aos Programas Assistenciais introduzidos por esta gestão no âmbito Federal, e o aperfeiçoamento destes programas, através do SUAS e do Cadastro Único, garantem que esta população continue recebendo a devida assistência”.

A Secretária de Trabalho e Cidadania, Maria de Fátima Lustosa, destacou: “Em Corrente os avanços na área da Assistência Social tem sido consideráveis. A concretização do espaço próprio do CRAS tem permitido a prestação de relevantes serviços à população, com uma equipe de profissionais capacitados. Com uma média diária de 200 pessoas atendidas nos diversos programas oferecidos, com 4.200 beneficiários ativos, o município já pode comportar duas sedes do CRAS, sendo que a segunda já está em construção”.

A Palestra Magna foi ministrada pela Assistente Social Itatiara Martins, que apresentou a evolução das políticas públicas socioassistenciais no país, até chegar ao SUAS, e a sua importância como garantia de atendimento à comunidade que necessita dos serviços assitencias. “No passado a Assistência Social era um favor, hoje é um direito garantido por lei”, colocou.

No encontro também foram realizadas discussões em cinco eixos temáticos, como “Dignidade Humana e Justiça Social”, “Participação Social como fundamento do Pacto Federativo do SUAS”, “Primazia da responsabilidade do Estado”, “Qualificação do Trabalho no SUAS” e Assistência Social é direito no âmbito do Pacto Federativo”.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp