25/08/2015 às 14h35min - Atualizada em 25/08/2015 às 14h35min

Corrente receberá sinalização pelo Governo do Estado

Anúncio foi feito na audiência pública pelo diretor do DETRAN/PI, Arão Lobão

Ascom

O Ministério Público Estadual realizou na manhã desta segunda-feira (24/08) uma audiência pública para discussão dos problemas relacionados à 10ª Ciretran, localizada no município de Corrente e que atende a 13 municípios. Participaram da reunião a Promotora de Justiça Gilvânia Alves Viana, o prefeito de Corrente, Jesualdo Cavalcanti Barros, o Diretor Geral do Detran/PI, Arão Martins do Rego Lobão , o Coordenador da 10ª Ciretran, Marcos Vinícios Nogueira Fé, vereador Salmeron Carvalho, representando o presidente da Câmara de Vereadores de Corrente, o Superintendente Municipal de Trânsito, Valentim Sales, representantes de Centros de Formação de Condutores, demais vereadores e pessoas da comunidade.

De acordo com a Promotora Gilvânia Alves Viana, o Ministério Público recebeu sucessivas reclamações com relação ao funcionamento da Ciretran, referentes à estrutura e a demora na realização de exames práticos de direção. "A audiência publica é uma forma de democratização plural, onde há dialogo livre. Uma oportunidade de esclarecer as demandas, apresentar sugestões, subsídios para entender a situação e em conjunto buscar as soluções para o problema", declarou.

Na ocasião, tiveram oportunidade de se manifestar os proprietários dos Centros de Formação de Condutores Marcia Eugênia Mota (CFC Vitória), Enio de Souza Barros (CFC Brandão) e Wanderlayson Sousa Pereira (CFC Gilbués), os quais falaram sobre as principais reivindicações, destacando a demora na frequência da realização de banca examinadora (3 a 4 meses em média); a dificuldade para a solução de problemas decorrentes do processo de emissão de habilitações, sendo obrigados, proprietários ou cidadãos, a se dirigirem à Teresina e uma das solicitações mais enfatizadas na audiência, a transferência da regionalização do órgão para o município de Bom Jesus. “Bom Jesus tem apenas uma autoescola, aqui nós temos três, então não faz sentido essa transferência”, colocou o senhor Wanderlayson.

Questões ainda como transferência de veículos, vistorias e demora na emissão de diversos documentos também foram levantadas. O Gerente Municipal de Apoio à Inclusão, Ubiraci Lustosa Carvalho, também destacou a importância da vinda de uma banca examinadora e junta médica para deficientes físicos, além da adequação do prédio do Ciretran para garantir acessibilidade.

O Diretor Geral do DETRAN/PI, Arão Martins do Rego Lobão, respondeu a todos os questionamentos feitos pela comunidade e relatou que ao assumir o órgão foram detectados vários problemas, dentre eles a não realização de exames práticos no interior do Estado. Por isso, dividiu o Piauí em regionais para dar vazão ao processo de obtenção de primeira habilitação.

 “A questão das bancas examinadoras é um problema que atinge a todo o estado, pois temos apenas uma banca, que atende em Teresina de segunda a quinta e nas sextas e sábados segue uma programação quadrimestral de atendimento nas diferentes regiões. Nossos esforços são no sentido de formarmos mais uma banca, agilizando os processos em todo estado.”

Quanto à formação de uma banca examinadora em Corrente, Lobão informou que há profissionais habilitados, mas um decreto impede a formação de novas bancas examinadoras no estado.

Sobre a estrutura, ao chegar ao município Lobão fez uma visita in loco à Ciretran para ver a situação, certificando que intervenções serão realizadas para melhorar a estrutura do prédio do órgão na cidade. "Uma equipe de engenharia esteve no local realizando uma vistoria e irá elaborar um relatório das medidas emergenciais a serem executadas" destacou.

A transferência da regional de Corrente para Bom Jesus também foi mencionada pelo diretor do órgão, que informou que já no próximo calendário de provas incluirá o município no cronograma como regional. “Teremos exames entre os dias 9 e 12 de setembro e no próximo cronograma Corrente estará como regional, devido a alta demanda que pode ser constatada”.  

Lobão também anunciou que Corrente se encontra na lista das cidades que receberão serviços de sinalização a fim de organizar o trânsito, permitindo maior trafegabilidade e proporcionando maior segurança para motoristas e pedestres. "Estamos trabalhando para minimizar os índices de acidentes e conscientizar os motoristas dos riscos da mistura de álcool e direção. As ações estão sendo interiorizadas levando ao conhecimento da população a importância do uso dos equipamentos de segurança, assim valorizamos a vida", comenta.

O prefeito  Jesualdo Cavalcanti sugeriu ainda que o próprio DETRAN inicie uma campanha para que os cidadãos do estado façam a documentação dos seus veículos em suas cidades, não nos estados vizinhos. “Nós temos uma evasão de tributos altíssima e uma forma de ajudar a reverter este quadro seria que o próprio DETRAN inicie uma campanha de conscientização”, colocou.

Ao final da audiência, o o Diretor Geral do Detran/PI, Arão Martins do Rego Lobão, esteve pessoalmente no Ministério Público tratando de uma reunião que será realizada em Teresina, durante o mês de outubro, para a possível assinatura de uma Termo de Ajuste de Conduta.

A audiência contou ainda com a presença do diretor de engenharia e tráfego do Detran, Josias Castelo Branco e do procurador do Detran, Acyr Lago Filho.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp