15/01/2016 às 21h23min - Atualizada em 15/01/2016 às 21h23min

Corrente é contemplada pela primeira vez com assentamento rural

Orçado em R$ 970 mil, programa beneficia moradores da Pindaíba

Ascom

O município de Corrente está sendo contemplado, pela primeira vez em sua história, com o programa de assentamento agrário. Com um investimento de R$ 970.000,00 mil reais, pequenos produtores rurais do município serão beneficiados com uma propriedade rural de 25 hectares, contendo uma residência no valor de  R$ 35 mil reais, poço artesiano – para evitar o êxodo rural, curral comunitário e o valor de R$ 25 mil reais, em dinheiro, para investimentos iniciais

Na manhã desta quinta-feira (14), o prefeito Jesualdo Cavalcanti, acompanhado pelo vereador Edilson de Araújo Nogueira e pelo Gerente de Apoio ao Produtor Rural, Ricardo Lago, recebeu as cinco famílias de pequenos produtores rurais da Pindaíba, beneficiadas  pelo assentamento, para a assinatura do contrato de compra e venda das propriedades.

O Gerente Municipal de Apoio ao Produtor Rural e agricultura familiar, Ricardo Lago, destaca os benefícios do programa: “o programa é excelente, desde o início de sua implementação. O terreno do assentamento é adquirido à vista e dividido imediatamente entre os assentados, que receberão cada um a sua propriedade, já regularizada e documentada. O poço também é perfurado antes do início da construção das casas e o projeto contempla ainda um curral comunitário e a instalação de energia trifásica. Com o valor de R$ 25 mil reais iniciais, o produtor poderá preparar o solo, adquirir animais, formação de suporte de alimentos”, explica.

O valor do empréstimo é disponibilizado através do Pronaf A (tipo assentamento) e será pago com 40% de desconto (já que provém de reforma agrária), 4 anos de carência e 12 anos para quitar a dívida. “É bom lembrar que este pagamento é referente apenas ao investimento, o restante dos benefícios iniciais não serão ressarcidos, já que se trata de incentivo do governo para a permanência do homem no campo”, pontua Ricardo.

A proposta de assentamento faz parte do Programa Nacional de Crédito Fundiário, assistido pelo Governo Federal, através do Ministério do Desenvolvimento Agrário, pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR) e pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SEMDER).

O programa prevê ainda o treinamento e a assistência técnica, que serão realizados através da Secretaria de Desenvolvimento Rural, através da Gerência de Apoio ao Produtor Rural e Agricultura Familiar.

“Esse programa representa mais uma revolução na história rural de Corrente, que acaba de ser inserida no cenário nacional da tão sonhada reforma agrária e apenas tornou-se realidade graças à visão ousada e empreendedora do prefeito Jesualdo, que desde o início da sua gestão contratou profissionais qualificados,  capazes de viabilizar a realização de programas inovadores que mudassem a vida do sertanejo de Corrente. Este programa já poderia ter sido implementado há muitos anos, é uma vergonha que sejamos um dos últimos municípios do estado a ter o assentamento rural”, ressalta Ricardo Lago.

Durante a assinatura dos contratos, o prefeito se manifestou, destacando a importância do programa. “O dia de hoje é muito importante para todos; o que nós queremos é isso – dar ao homem do campo a propriedade da sua terra, para que ele possa plantar em seu nome. Tudo o que vocês plantarem a partir de hoje será seu, não do dono da terra, porque a terra agora é de vocês. Corrente era um dos poucos municípios do Piauí que ainda não tinha esse tipo de programa e espero que vocês tenham muito sucesso, que sejam apenas os primeiros e que muitos outros tenham a mesma oportunidade!”.

Para a implementação do programa, Ricardo Lago relata que foram inúmeras viagens à Teresina, além da ajuda de políticos e intervenção de pessoas que acreditaram na iniciativa. “Nós tivemos que lidar com alguns obstáculos, como influências políticas contrárias a realização do projeto e a burocracia, mas com o auxilio de algumas pessoas que viram a qualidade do programa e deram total apoio ele tornou-se realidade, como o vereador Edilson Nogueira, que interveio junto à deputada Rejane Dias para a efetiva liberação dos recursos oriundos de emenda parlamentar de sua autoria. A parceria com o Banco do Nordeste também foi fundamental e até a dona Socorro Cavalcanti, nossa Secretária de Educação, interveio junto ao governo do estado”.

Uma das beneficiadas, a dona Ariana Batista de Oliveira, comemora: “pra nós representa muita coisa, vai mudar muito a nossa vida e a dos meus vizinhos. Nós vamos ter um lugar bonito pra morar e vamos ter a nossa terra pra cultivar, sem precisar trabalhar na terra dos outros”. Dona Ariana é casada, tem três filhas pequenas e hoje mora e trabalha com o marido, plantando frutas e verduras, nas terras dos pais.

Para o município de Corrente Ricardo Lago afirma que outro projeto no valor de R$ 1,2 milhão já foi aprovado, além de outros dois que estão em andamento. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp