22/03/2016 às 12h11min - Atualizada em 22/03/2016 às 12h11min

Escola Antonio Rocha emplaca dois primeiros lugares no Exame Classificatório do IFPI

Pontuação da estudante Isabel Cristina é a maior do Campus de Corrente

Portal Corrente
Henrique e Isabel conquistaram os primeiros lugares em seus cursos

A Escola Antônio Rocha emplacou dois primeiros lugares no Exame Classificatório do Instituto Federal do Piauí de Corrente de 2016: Isabel Cristina Cunha Guedes, para o curso Técnico em Meio Ambiente e Henrique Setragni para o Curso Técnico em Administração. Além disso, Isabel Cristina, com 40 pontos, obteve o primeiro lugar geral do Campus.

Outra informação de grande relevância foi a porcentagem de aprovação dos estudantes da escola: dos 13 estudantes que realizaram a prova, 10 foram aprovados, atingindo o impressionante índice de 76,92% de aprovação.

Isabel Cristina, de apenas 14 anos, relata que estudou diariamente por dois meses e que pretende cursar medicina no ensino superior, com especialização em neurologia. “Eu estudei todos os dias nesses dois meses, mas podia ter estudado mais”, confessa entre sorrisos. Já o estudante Henrique quer cursar Direito, por isso optou pelo curso Técnico em Administração. “Vejo que as pessoas não respeitam muito os ambientalistas, acho que no Direito a gente pode fazer mais pelo planeta”, opina.

A notícia foi recebida com entusiasmo pelo corpo docente da escola, como relata diretor Eduardo Antônio Nogueira Rocha. “Na hora que soubemos do resultado ficamos eufóricos, todos os professores comemoraram, foi uma alegria geral, pois é o resultado de um trabalho feito em conjunto por cada integrante de todos os setores da escola!”.

A diretora pedagógica da escola, Keila Rosane, atribui o excelente índice de aprovação ao trabalho dos professores, assim como a excelente coordenação da professora Rosivânia Ribeiro dos Santos. “Todos os nossos professores são formados na área em que atuam e têm uma grande preocupação com o aluno. A professora Rosivânia, que há tantos anos trabalha conosco, também é responsável por esse resultado e nós ficamos muito satisfeitos”.


Homenagem da escola aos estudantes aprovados
 

Em relação aos estudantes, Keila reforça: “A Isabel Cristina é uma aluna esforçada, que tem o hábito do estudo, é muito focada e disciplinada. Em 2014, ela obteve média  10 e com isso foi contemplada com uma bolsa parcial de estudos. Quando o resultado do Exame Classificatório do IFPI saiu, para nós foi apenas a confirmação daquilo que já sabíamos, de que ela é uma aluna brilhante, sem perder a leveza e a alegria de uma adolescente normal, assim como o Henrique Setragni, que é muito tranquilo. Então nós ficamos felizes com o resultado e temos certeza de que todos esses dez estudantes aqui do Antônio Rocha, que foram aprovados, estão no caminho certo!”.

A coordenadora do Ensino Fundamental  II, Rosivânia Ribeiro dos Santos, afirma que não há uma fórmula mágica para o bom desempenho, a não ser o trabalho comprometido de toda a equipe escolar.

“Todos me perguntam qual é o segredo, e eu respondo que não tem nenhum segredo! Acredito que na verdade seja o resultado do cuidado que nós temos com cada aluno, não somente na questão cognitiva, mas no sentido de respeitar cada um enquanto pessoa e torná-los consciente de seu projeto de vida, formá-los cidadãos para o mundo, essa é a fórmula que tem dado certo. Procuramos ainda, de forma respeitosa, guia-los dentro da denominação cristã, com amor, valores e respeito, de forma muito sutil e implícita, de forma a complementar todas as outras áreas, seguindo sempre os cuidados que a tia Eliene, fundadora da escola, nos repassou”.

Rosivânia também destaca importância da formação dos professores, assim como o trabalho de toda a equipe da escola. “Todos os nossos professores são formados na área e há uma preocupação muito grande com os conteúdos ministrados”.

Por fim, a coordenadora ressalta: “A maioria das pessoas acredita que os adolescentes necessitam de menos cuidado e atenção do que as crianças pequenas, pois já estão crescidos, e penso que isso seja uma forma equivocada de agir. A adolescência é a fase em que eles mais precisam de atenção e cuidados e é dessa forma que agimos. Destacando ainda o papel fundamental que a família exerce na educação; os pais sem dúvida têm sido nossos grandes parceiros nessa jornada!”.


Aniversário de 32 anos de fundação da escola
 

No dia 10 de março, a Escola Antônio Rocha esteve em festa comemorando os seus 32 anos de fundação. As atividades incluíram atividades lúdicas, para os menores, jogos e recreações, envolvendo todos os alunos da escola.

A direção da escola comemora ainda a renovação de autorização pelo Conselho Estadual de Educação até o ano de 2020. “A avaliação do conselho é muito rigorosa, por isso temos ainda mais um motivo para comemorar”, finaliza Keila Rosane.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp