11/07/2013 às 20h09min - Atualizada em 11/07/2013 às 20h09min

Desertificação dá lugar a plantio de hortaliças em Gilbués

Área outrora improdutiva dá lugar à horta comunitária irrigada

Portal O Dia

Cinquenta e três hectares cheios de esperança, pesquisa, trabalho e convicção de que a situação da degradação do solo no Núcleo de Desertificação de Gilbués (NDG) está sendo revertida.

Em busca de Atitudes Verdes e Práticas Ecológicas, o Incrível partiu ao encontro de resultados positivos, exemplos vitoriosos, conquistas esperançosas.

Em Gilbués, no sudeste do Piauí, em uma área que a ONU alerta ser um dos mais preocupantes núcleos de Desertificação do planeta, indevidamente chamada de Deserto, o verde da produção agrícola está brotando como a cor viva da esperança.

Antes tomado por voçorocas e com solo improdutivo, o terreno onde funciona o Nuperade, hoje tem horta comunitária irrigada, um viveiro com capacidade de produzir 60 mil mudas, e o melhor, árvores frutíferas e plantas por todo o lado. Ainda é possível perceber os estragos que o processo erosivo fez durante décadas no solo, mas o fim do pastoreio, o seccionamento de voçorocas para barrar a água e a implantação de técnicas de manejo adequadas transformaram o cenário da região.

A contenção da erosão do solo em Gilbués, que parecia insolúvel, pelas diversas formas de estudos sem avanços significativos, está sendo solucionada facilmente, através de plantios de cheiros verdes, cebolinhas e outras hortaliças. Constatou-se, através da experiência do plantio, que o solo é fértil e pode muito bem ser objeto de políticas públicas sustentáveis, dando condições de produção, trabalho e renda a várias famílias do município. No entanto, a solução parece se complementar com o plantio de hortifrutigranjeiros. Esta é uma alternativa brilhante de gestão público-ambiental, pois além de conter a erosão, fomenta a cadeia produtiva de alimentos e gera rendas para famílias da própria cidade. Este projeto é desenvolvido em parceria do governo do estado, governo federal e uma organização não governamental.

Horta Comunitária Modelo.

 

Horticultor Francisco Nascimento

 

Fotos: Henrique Guerra/Portal O Dia


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp