05/07/2016 às 02h06min - Atualizada em 05/07/2016 às 02h06min

Piauí, o estado fora das 10 piores cidades para viver

Menos de 9% das 100 piores cidades para viver estão no interior do estado.

180 Graus

Todos os anos, mais ou menos por esta época sai o relatório com o Índice de Desenvolvimento Humano divulgado pela ONU.

O IDH do Brasil (85º) continua lá pelo meio da lista, com média de 0,727

 

Há que se levar em conta que o IDHM não mede exatamente a qualidade de vida em si. No entanto, municípios com baixos índices relacionados com a educação, com a expectativa de vida estendida e menor renda tendem a ser lugares ruins para se viver.

 

A melhor cidade para se viver no Brasil é São Caetano do Sul, no ABC Paulista, com IDHM 0,862. No Nordeste, apenas Fernando de Noronha (PE) aparece entre os 100 melhores lugares para se viver. No Norte, a surpresa é Palmas, capital do Tocantins, em 76º lugar.

 

O Estado do Piauí, considerado como um dos mais pobres da federação, tem 18 cidades entre as 100 piores para se viver no Brasil.

 

Veja a lista:

São Francisco de Assis do Piauí,

Caxingó,

Betânia do Piauí,

Cocal,

Cocal dos Alves,

Assunção do Piauí,

Tamboril do Piauí,

Lagoa do Barro do Piauí,

Vera Mendes,

Joca Marques,

Caraúbas do Piauí,

Guaribas,

Milton Brandão,

Paquetá,

Pau D'Arco do Piauí,

Brejo do Piauí,

São João da Fronteira,

Queimada Nova.

 

 

Apesar das péssimas colocações dos municípios piauienses, outros estados nordestinos estão em colocações piores, entre eles o estado de Alagoas e o Maranhão. Quem lidera a lista dos piores é o estado do Pará.

 

10 Melhores cidades para viver:

São Caetano do Sul (SP)

Águas de São Pedro (SP)

Florianópolis (SC)

Balneário Camboriú (SC)

Vitória (ES)

Santos (SP)

Niterói (RJ)

Joaçaba (SC)

Brasília (DF)

Curitiba (PR)

 

10 Piores cidades para viver:

Melgaço (PA)

Fernando Falcão (MA)

Atalaia do Norte (AM)

Marajá do Sena (MA)

Uiramutã (RR)

Chaves (PA)

Jordão (AC)

Bagre (PA)

Cachoeira do Piriá (PA)

Itamarati (AM)


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp