15/05/2016 às 15h31min - Atualizada em 15/05/2016 às 15h31min

João de Deus se diz preocupado com o governo Temer

Alepi

Após informar ao plenário que a audiência do governador com os servidores da Uespi está marcada para amanhã às 16 horas, o deputado João de Deus (PT) fez observações sobre o que poderá ser o governo de Michel Temer. Ele disse que não acompanhou a sessão do Senado até o final, mas acordou cedo e constatou o que já era esperado. João de Deus disse que pela primeira vez falava sem ser oposto ao colega deputado Robert Rios (PDT), embora não torça pelo quanto pior melhor.


João de Deus disse esperar que o novo governo não faça cortes nos programas sociais, pois isso seria o fim. Também disse esperar que o governo não siga a cartilha dos liberais, pois o que eles ensinam é inaceitável. Ele citou o exemplo dos que defendem redução de folga dos trabalhadores, inclusive no tempo para almoçar, de uma hora para 15 minutos.


Mesmo afirmando que torce para que o novo governo acerte, João de Deus considerou um absurdo a colocação de um empresário da Educação no Ministério da Educação, o que está sendo feito com um democrata, Mendonça Filho. Outro ponto criticado por João de Deus é a ideia de fusão de ministérios, como seria o caso da Educação com a Cultura.

O deputado concluiu seu pronunciamento dizendo que tem pena da população que saiu às ruas para apoiar o impeachment da presidente Dilma Rousseff, pois ela poderá vir a sofrer as consequências. Ele disse estar informado de que o novo governo já pensa em adotar o PDV.
 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp