22/06/2018 às 19h19min - Atualizada em 22/06/2018 às 19h19min

Vereadores aprovam projeto que reconhece Conselho de Segurança como Utilidade Pública em Curimatá

Viviane Setragni
Portal Corrente

A reunião ordinária da Câmara Municipal de Curimatá da última terça-feira, 19 de junho, foi marcada pela votação do projeto de Lei nº 008/2018, que reconhece como Utilidade Pública Municipal o Conselho Comunitário de Segurança Pública do Município de Curimatá (PI) - CONSEG. O Projeto de Lei foi aprovado por unanimidade pelos vereadores, e segue agora para a sanção do Executivo.

Conseg

O Conselho Comunitário de Segurança Pública de Curimatá teve a sua assembléia de instalação realizada em março desse ano, e foi criado com o objetivo de promover a defesa da ordem e da segurança pública, da cidadania, o desenvolvimento da moralidade e paz social, reconhecendo como sujeitos desses direitos a população do município, constituída pelas famílias, crianças e adolescentes, homens, mulheres e idosos das zonas urbanas e rural.

Desde que o Banco do Brasil foi alvo de uma quadrilha no ano de 2016, resultando no fechamento da agência por dois anos, se instalou na população do município um sentimento generalizado de medo, reforçado pelo pouco efetivo policial da cidade. Nos últimos meses, no período que antecedeu a instalação da 2ª Cia da Polícia Militar, furtos e arrombamentos se tornaram rotina, sendo que em um dos episódios mais marcantes foi o furto de 3 motos em apenas dois dias.

Em meio à crescente violência, a sociedade civil se organizou e viabilizou a efetiva criação do CONSEG, tendo já atuado, nesses 3 meses, em situações relacionadas ao trânsito do município, como o questionamento ao executivo sobre a regularidade das lombadas instaladas am algumas vias, solicitação de sinalização de trânsito e pedido de esclarecimentos junto ao Ministério Público.

A criação e atuação do Conselho Comunitário de Segurança Pública de Curimatá segue como exemplo para todos os municípios do Extremo-Sul do estado, que vivenciam no seu dia-a-dia circunstâncias semelhantes as do município.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp