29/03/2020 às 17h13min - Atualizada em 29/03/2020 às 17h13min

Escola particular de Corrente marca reinício das aulas para dia 1º de abril

Portal Corrente
O Colégio Mercedário São José, do município de Corrente, informou em sua página oficial do Instagram que retornará às suas atividades normais no dia 1º de abril. Na nota, a instituição afirma que segue o determinado no decreto municipal nº 86/2020, que prevê 15 dias de suspensão das atividades educacionais, contados a partir do dia 17 de março. "Vivemos um momento de angústias e incertezas, mas confiantes que tudo ficará bem", diz o informe, que encerra destacando que possíveis decretos nos âmbitos Federal, Estadual ou Municipal podem alterar o prazo estabelecido para a suspensão das atividades.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Colégio Mercedário São José (@colegiomercedariosj) em



A notícia do retorno das aulas pegou os pais de surpresa e gerou grandes debates nas redes sociais. A grande preocupação é com a exposição das crianças ao coronavírus e os perigos de contágio. "Essa decisão é muito preocupante, pois expõe toda a família. A criança corre o risco, assim como os pais e todos que convivem na família", comentou uma avó que não quer se identificar. Já outro pai deu certeza de que não enviará o filho à escola, pois prefere não correr o risco.

A Coordenadora da Atenção Básica do município informou ao Portal Corrente que, após a divulgação de aviso de volta as aulas do Colégio São José, um dos membros do Comitê Gestor de Prevenção ao Covid-19 entrou em contato com a direção da escola. "Membros do comitê fizeram contato com o prefeito Murilo e com a promotora de Justiça Gilvânia Alves Viana. Acredito que foi uma escolha precipitada da escola a divulgação do comunicado, uma vez que o decreto vai ser revisado na segunda e terça (quando expira sua validade) e provavelmente novas medidas serão tomadas a nível estadual e municipal", pontuou.

De acordo com o Portal G1, o
 Ministério da Saúde distribuiu neste sábado (28) a secretários estaduais de saúde e gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) no país um plano de ação de quarentena que recomenda o fechamento de escolas e universidades no mês de abril, com a possibilidade de estender a medida para o mês de maio, como meio de combate à pandemia do coronavírus.



 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp