17/07/2020 às 12h53min - Atualizada em 17/07/2020 às 12h53min

Professora Rosivânia confirma sua pré-candidatura a vereadora no município de Corrente

Ascom

A professora Rosivânia Ribeiro confirmou essa semana a sua pré-candidatura à vereadora do município de Corrente. Ela encara o desafio político pela primeira vez, e tem na Educação a sua principal bandeira.
 
Em sua tragetória de vida relembra que a sua ligação com a Educação teve início ainda na infância, dentro da própria casa. “Fui criada por uma mulher negra que foi afalbetizada por padrinhos brancos e que via na educação a grande mola propulsora da transformação. Na minha casa nós crescemos com isso incutido, éramos 4 moças hoje somos 4 professoras”.
 
Rosivânia cursou todo o Ensino Fundamental na rede pública de ensino e o Ensino Médio como bolsista no Instituto Batista Correntino. Já atuando na vida profissional, assumiu como professora da rede municipal em 1998 e na rede estadual em 2009.
 
“Quem me conhece sabe que eu tenho uma grande paixão pela Educação, primeiramente como agente de transformação social – quem vem da escola pública hoje está em pé de igualdade com pessoas que tiveram oportunidades melhores. Eu vejo essa diferença como motivadora para superação. A vitimização não dever ser uma camisa vestida por nós, precisamos ser aguerridos, precisamos conhecer os nossos ideais e lutar por eles. Isso é o que a Educação propicia, você ter os seus ideais, lutar por eles e realizar os seus sonhos, é nisso que acredito”.
 
Enquanto gerente da 15ª Regional de Educação, a professora teve uma grande experiência como gestora e conheceu a fundo, tanto no município de Corrente quanto nos 14 municípios circunscricionados, as bases da Educação, os principais problemas, as soluções e as experiências positivas.
 
Sobre a os índices escolares do município de Corrente, considerados baixos em relação às metas nacionais, Rosivânia defende uma estratégia que englobe várias medidas.
 
“Precisamos trabalhar pela permanência do aluno e também pela qualidade do ensino. Por muitos anos nós focamos no acesso do aluno às escolas, mas o sucesso somente é possível com um ciclo completo de fatores, que engloba acesso, hoje nós temos escolas em todos os lugares, permanência da escola, diminuindo a evasão dos alunos, que ainda é muito grande em nosso município, principalmente nos anos finais do ensino fundamental, e também pela qualidade do ensino, que vai resultar na aprovação desse aluno. Se nós não temos esses três fatores juntos nós não temos sucesso.
 
A nossa cidade não oferece muitas oportunidades para os nossos jovens, as drogas e a violência estão cada vez mais perto e isso reflete na escola, que é o reflexo da comunidade e que não está preparada para essa nova realidade. Precisamos oferecer oportunidades para os nossos adolescentes e meios de convivência saudáveis. Temos que executar ações que sejam eficientes, buscando sempre a inserção social do indivíduo na sua comunidade”, colocou.

Quanto à sua pré-candidatura, a professora destaca que sempre foi engajada na política.

“Eu tenho o exemplo e a inspiração da minha mãe que, da sua forma, sempre fez política. E eu, desde os 17 anos, pertenço ao mesmo grupo político e acredito que a minha contribuição como educadora no setor político pode complementar aquilo que eu almejo. Nós sabemos das necessidades na Educação e das necessidades sociais, e a política é uma maneira de se agregar aquilo que você sonha com a possibilidade de execução. Hoje eu sou professora da rede estadual e da rede municipal e não tenho outra pretensão senão que ajudar a comunidade com aquilo que eu sei”, finaliza.
 

                                                                                                        
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp