01/10/2015 às 21h13min - Atualizada em 01/10/2015 às 21h13min

Parnaguá é a cidade do Brasil com maior números de incêndios

Cidade teve 45 queimadas em 48 horas. Número de focos de calor no estado é 30% maior do que em 2015.

G1; Foto: Viviane Setragni

A cidade de Parnaguá teve o maior o número de focos de calor do Brasil registrados entre os dias 28 e 30 de setembro. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe), foram 45 incêndios em dois dias. Em segundo lugar vem Porto Velho (RO), e Sena Madureira completa a lista dos três primeiros.

No acumulado do ano (até o dia 29), o Piauí vai registrando um crescimento de 30% no número de queimadas em relação ao mesmo período do ano passado. No dia 25 de setembro, os dados do Inpe apontavam um aumento de 20%. Entre 1ª de janeiro de 2014 e o dia 29 de setembro o Piauí tinha sofrido 6.821 focos de calor, enquanto que neste ano foram 8.935.

Para Gildênio Sousa, coordenador do PrevFogo, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), ainda não é possível especificar os motivos do aumento. “Ainda não dá para precisar o que leva a isso. Vamos ainda saber se todos esses focos são legais, ou se houve um aumento na quantidade de incêndios criminosos”, afirmou ao G1.

 

Prevenção

O Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PrevFogo) trabalha com o monitoramento, prevenção e combate a incêndios no Brasil. No Piauí, ele atua com seis brigadas que trabalham o combate ao fogo e educação ambiental.

O Nordeste é um estado em que a agricultura familiar é acompanhada pelo preparo da terra através do fogo, uma cultura de centenas de anos, que é a principal reponsável pelas queimas na região.

“A gente conhece a cultura da nossa terra e por isso damos cursos de cursos de queima controlada, paralelamente à formação da brigada. A gente alerta para os malefícios do fogo, mas ensina como fazer essa queimada sem que ela vire um incêndio florestal”, afirmou  Gildênio Sousa, coordenador do PrevFogo no Piauí.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »