30/04/2013 às 16h06min - Atualizada em 30/04/2013 às 16h06min

MIGUEL ALVES: PM mata 3 bandidos; gerente do BB é morto pelos assaltantes

ASSALTANTES TROCAM TIRO COM O BOPE e bairro da cidade fica 'sitiado' com confronto

180Graus

 

 

 

Atualizada às 13h30
Em conversa do 180graus por telefone com o coronel Sá Júnior, relações públicas da PM, a reportagem foi informada de que há possibilidade de que um quarto assaltante tenha sido morto, porém a PM ainda não confirma oficialmente. "Estamos aguardando a comunicação do pessoal que está em campo", disse o coronel. 

Os bandidos tinham a intenção de fugir da cidade rumo a Luzilândia, e de lá seguir para o Maranhão. Na fuga, os assaltantes que estavam em dois veículos não se deram bem. Um dos carros acabou tombando na estrada carroçal. Três bandidos, um deles identificado como Marlos, já foram mortos e outros dois estão no matagal, trocando tiros com a polícia. Eles usam armas como fuzis, pistolas e ainda espingardas calibre 12.

Atualizada às 13h13
A assessoria do Banco do Brasil em Teresina, ainda não recebeu nenhuma informação oficial da agência de Miguel Alves informando sobre a morte do gerente Ademyston Rodrigues Alves, mas que assim que houver confirmação, deverá emitir nota à imprensa. A morte porém já foi confirmada pela polícia. 

Uma equipe de Teresina seria enviada à cidade de Miguel Alves, mas como o clima de tensão ainda continua, por questões de segurança, apenas num segundo momento devem ser enviadas equipes do banco ao município, que fica a 116km ao norte de Teresina.Atualizada às 12h55

O coronel Sá Júnior, relações públicas da Polícia Militar, confirmou as mortes em Miguel Alves, inclusive a do gerente Ademyston Rodrigues Alves, que trabalhava no Banco do Brasil, que trabalhava lá desde 2 de abril de 2012.

Ele explicou que a ação rápida foi possível graças a uma estratégia que vem regionalizando alguns grupos táticos da PM. Uma viatura do BOPE estava na região e logo que foram informados da ação, seguiram direto para a cidade. 

Como no período de final e início do mês, são realizados pagamentos de benefícios no  banco, os bandidos aproveitam para realizar ações criminosas, e por isso a polícia já se mantém de sobreaviso em algumas regiões do estado.

Atualizada às 12h42
Acaba de ser confirmada a morte de um terceiro assaltante durante o confronto com a polícia na cidade de Miguel Alves. Mesmo depois de quase uma hora de troca de tiro, os bandidos continuam tentando resistir à prisão.

Atualizada às 12h11
Os bandidos continuam cercado pela polícia e no confronto, o Banco do Brasil, que foi levado como refém, acabou sendo morto com um tiro na cabeça. 

Segundo nossa correspondente, os bandidos estão em uma área aberta, de mangueiral, trocando tiros constantemente com os homens do BOPE.

Na perseguição, uma das picapes onde estavam os assaltantes, acabou tomando. Há informações ainda não confirmadas de que um terceiro assaltante teria sido morto pelos policiais.

Uma nova informação, é de que não só agência do Banco do Brasil foi invadida, mas também a do Bradesco, cujo gerente também foi levado como refém.

O fato é semelhante ao que ocorreu no ano de 2011. Humberto Rodrigues Veloso que era gerente do Banco do Brasil, também foi morto após um assalto. Os bandidos foram presos já no estado do Maranhão, julgados e alguns deles soltos. 

Atualizada às 11h56
Segundo informações da correspondente do 180graus direto de Miguel Alves, Nauseane Ribeiro, dois dos assaltantes foram mortos pela Polícia Militar após confronto nas ruas da cidade.

Ao deixarem o banco, eles acabaram sendo pegos de surpresa por homens do BOPE, que logo foram atirando. Já são mais de 40 minutos de tensão na cidade de Miguel Alves e a população está assustada. 

Um terceiro assaltante foi ferido no confronto. Outros cinco estão cercados pelos homens da PM na região do bairro Forquilha.

Publicado às 10h54
O Banco do Brasil de Miguel Alves está sendo alvo de um novo assalto na manhã desta terça-feira (30/04).

O grupo formado entre cinco e seis homens chegou na cidade atirando para o alto, amedrontando os moradores e dentro do banco, eles teriam feito reféns e aterrorizam a cidade neste momento.

Munido de armas de grosso calibre, os bandidos cercaram o banco e tentam evitar o revide da polícia, que cercou a cidade a fim de evitar a fuga. 

Eles continuam dentro da agência desde o início da ação, por volta de 10h, mas permanecem cercados. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp