24/08/2013 às 11h16min - Atualizada em 24/08/2013 às 11h16min

Corrente receberá R$ 28.305,00 mensais do Ministério da Saúde para Caps I

A portaria determina que os recursos sejam destinados ao Bloco da Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar

CCom

Um incentivo financeiro será destinado a Estados, Distrito Federal e Municípios para investimentos na área da Saúde Mental. Os recursos são de origem do Ministério da Saúde e somam um montante anual de R$6.164.370,00.

No Estado do Piauí, foram contemplados três municípios com Serviço de Saúde Mental - Caps I (Centro de Atenção Psicossocial): Corrente, Inhuma e Rio Grande do Piauí, onde o incentivo é de R$28.305,000 mensais.

De acordo com a Portaria de n° 1.739, do Ministério da Saúde, o recurso será incorporado ao Limite Financeiro de Média e Alta Complexidade dos estados e municípios. A portaria determina que os recursos sejam destinados ao Bloco da Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar.

Para a gerente de Atenção à Saúde Mental da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), Leda Trindade, esses investimentos voltados para o interior mostra a sensibilidade do Governo Federal em levar os serviços necessários para tratamento dos pacientes das cidades de difícil acesso.

“O nosso estado já sai na frente de outros, porque trabalhamos com profissionais qualificados nos Caps e nas unidades terapêuticas. Agora o interior do Piauí também receberá estrutura adequada para que nossos pacientes não precisem se deslocar para a capital em busca de tratamento”, avalia.

Os Caps e as Unidades funcionam em acordo com a Rede de Atenção Psicossocial e atendem, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), pessoas com sofrimento ou transtorno mental, mesmo aquelas com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp