04/12/2017 às 20h08min - Atualizada em 04/12/2017 às 20h08min

São Gonçalo do Gurgueia promove aula inaugural do Projeto Mirim Cidadão

No dia 2 de dezembro, último sábado, o município de São Gonçalo do Gurgueia deu início às aulas do Projeto Mirim Cidadão, promovido em parceria com a Secretaria Estadual de Segurança Pública. Na oportunidade marcaram presença a Secretária Municipal de Educação, Valmira Miranda Fé, coordenadora do projeto no município, e dos voluntários participantes do projeto, como o Sargento Luiz Gonzaga e servidores da Escola Municipal Edilon Branco de Souza e da Unidade Escolar São Gonçalo.

A organização do projeto no município teve início no mês de agosto, quando aconteceu a formação dos voluntários com a presença do secretário de segurança  Fábio Abreu, que juntamente com o prefeito Paulo Lustosa assinaram o termo de adesão. Desde então, cerca de 68 mães e pais compareceram para inscrever seus filhos.

“Como o projeto tem regras específicas, realizamos a seleção baseada nos seguintes critérios: ter  idade entre 7 e 14 anos, ser estudante,  estar em situação vulnerabilidade social e lógico comparecer para fazer a matrícula, preencher todos os formulários e ser atendido por um psicólogo. Nesses termos selecionamos 36 crianças e o restante das vagas foram preenchidas com os demais matriculados, até completar 50”, esclarece a coordenadora. Valmira ressalta ainda que, devido a uma série de questões, como o não comparecimento de algumas crianças no primeiro dia, ainda serão feitos alguns ajustes.

“Agradecemos aos voluntários do projeto, sem os quais seria impossível ter chegado até aqui: psicólogos, assistente social, educador físico, professores, diretores, coordenadores, estudantes, como Wanderson, Raian, Igor e Lucas,  os quais de forma incansável tem trabalhado voluntariamente. Agradecemos principalmente ao gestor, Paulo Lustosa Nogueira pelo empenho, pois apesar das dificuldades disponibilizou o material e a merenda para que o projeto funcione, demonstrando assim seu compromisso com a melhoria de nossas crianças e adolescentes”, finaliza.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp