28/06/2018 às 20h13min - Atualizada em 28/06/2018 às 20h13min

PRF realiza operação de fiscalização de peso e carga em caminhões no Piauí e identifica 721 toneladas de excesso

Operação também apreendeu 264m³ de madeira ilegal. Excesso de carga identificada daria para carregar 51 caminhões, já a madeira ilegal carregaria 22 caminhões.

PRF
Portal Corrente
Imagens: PRF
Entre os dias 17 de junho a 28 de junho de 2018, a Policia Rodoviária Federal realizou uma Operação de fiscalização de peso e carga de caminhões e carretas nos municipios de Floriano, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Simplício Mendes e retirou de circulação mais de 721.000kg de excesso de peso transportados e  264m³ de madeira extraída ilegalmente da Amazônia. 
 
A Operação teve como objetivos  fiscalizar o transporte de carga com excesso de peso e dimensões, combater as fraudes fiscais no transporte de cargas, identificar o uso de substâncias entorpecentes comumente utilizadas por transportadores, a exemplo das anfetaminas e até mesmo cocaína, bem como a fiscalização ambiental (transporte de madeiras) e reforçar as ações de policiamento e fiscalização nas rodovias, com foco no enfrentamento ao trânsito de veículos com excesso de peso e dimensões. 
 
A PRF realiza este tipo de Operação pois o excesso de peso no transporte de cargas causa danos ao pavimento das rodovias e estradas federais, diminuindo consideravelmente a durabilidade do asfalto, provocando o seu desgaste acelerado e deterioração precoce do pavimento, além do aumento do número de acidentes envolvendo veículos de carga. Dessa forma,  ações específicas para  fiscalização de peso e dimensões são necessárias para evitar acidentes , bem como salvaguardar o interesse público e a segurança dos demais usuários da rodovia federal.
 
Quando um veículo é flagrado com excesso de peso, o condutor é multado conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro e logo em seguida, como medida administrativa, deve retirar o excesso de carga e só poderá prosseguir viagem quando estiver com a carga no peso legalmente previsto para aquele tipo de caminhão ou combinação de veiculos. Assim, nesta Operação foram transbordados mais de 721.000 kg de excesso de peso, suficiente para carregar 51caminhões com a carga excedida. 
 
O trecho rodoviário do Piauí é estratégico, pois o estado é rota para o transporte de cargas no Nordeste. Muitos caminhoneiros usam rotas alternativas para evitar a fiscalização, principalmente no que diz respeito ao transporte ilegal de madeiras extraídas de matas nativas da Amazônia.

Um dos principais crimes flagrados pelos policiais quanto ao transporte de madeira é o uso de documento falso do Documento de Origem Florestal (DOF), licença obrigatória para o controle do transporte e armazenamento de produtos e subprodutos florestais de origem nativa, inclusive o carvão vegetal nativo, ou Guia Florestal (GF3), quando vinda do Pará.

Nesta Operação, a PRF flagrou mais de  264 m³ de  madeira extraída ilegalmente, apreensão carregaria aproximadamente 22 caminhões com madeira. A carga foi doada para instituições de caridade após realizados os procedimentos na Polícia Civil.


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp