21/03/2014 às 17h27min - Atualizada em 21/03/2014 às 17h27min

"Um parnaibano fará história em Corrente!", afirma Zé Filho

Futuro governador confirma a construção da estrada para a Chapada das Mangabeiras e afirma que não esquecerá o extremo sul do estado

Portal Corrente; fotos: Cristiano Setragni

O vice-governador Zé Filho esteve no município de Corrente na manhã desta quinta-feira (20) visitando a obra da futura unidade do SESI, já em fase de conclusão. Em conversa, Zé Filho afirma com muita segurança sobre sua posse ao governo do Estado, em consequência do afastamento do atual governador Wilson Martins para disputa ao senado, e garante que não realizará mudanças profundas. “Já estamos em fase de transição. Este será um governo de continuidade e não pretendemos realizar um governo de grandes mudanças. É a continuação de um governo que iniciou há certo tempo e que vem dando certo. Tudo será feito naturalmente, com algumas mudanças, o que é normal, mas com toda tranquilidade”, ressaltou.

Em entrevista ao Portal Corrente, Zé Filho fala sobre sua visita à Corrente,  suas expectativas à frente do governo do estado e suas pretensões com relação ao extremo sul do estado.

Vice-governador, fale um pouco sobre sua visita à Corrente

Essa visita tem por objetivo conhecer a obra que está sendo executada com recursos do sistema FIEPI, que é uma unidade conjunta do SESI e do SENAI. É a realização de um sonho de muito tempo, desde o tempo em que meu pai foi presidente da Federação das Indústrias, que era de ter uma unidade aqui em Corrente, e o cumprimento de uma promessa feita, que graças a Deus estamos tendo a oportunidade de cumprir. Com esta unidade instalada aqui teremos a oportunidade de oferecer os cursos de qualificação a toda esta região. A realização desta obra foi possível graças ao apoio do prefeito Jesualdo Cavalcanti , que nos cedeu o terreno, juntamente com o apoio do deputado João Mádison. Eu gostaria na verdade de entregar esta obra ainda como presidente da FIEPI, mas devido ao atraso na construção não será possível entrega-la até o final deste mês. Mas no máximo em 60 dias eu acredito que poderei  estar de volta, não como presidente da FIEPI, mas como governador do estado, juntamente com o prefeito Jesualdo, para entregar esta obra à comunidade.

 

O extremo sul do Piauí é muito carente de desenvolvimento e a construção de uma unidade da FIEPI é um dos primeiros passos que viabilizará o desenvolvimento. Mas para crescer economicamente, é necessário algo mais que qualificação. O que o senhor considera necessário para gerar o desenvolvimento desta região?

Bom, primeiramente nós temos a construção desta estrada que liga o município ao Jalapão, no estado do Tocantins, que é o estado que possui uma capital mais próxima. E é necessário dotar o município de Corrente com uma estrutura que viabilize o desenvolvimento. Sabemos a vocação que a região tem para a pecuária e da excelente qualidade que o gado daqui tem, então nós temos que procurar dotar essa região com uma infraestrutura necessária para isso. Precisamos também de uma energia de qualidade para desenvolver a região, então são todos estes itens que são necessários para dotar a região com uma logística que viabilize o desenvolvimento.

 

A ligação do município de Corrente com o Jalapão abrirá uma nova possibilidade que é a transformação de Corrente num corredor ecológico, pois fará parte da ligação entre o Jalapão e outras regiões, como a Serra das Confusões, tradicionais roteiros ecológicos. Não este um caminho para o desenvolvimento da região, já que não temos uma característica industrial?

Com certeza que é uma opção viável. Eu sei que o extremo sul não tem uma característica industrial e sim agropecuarista. Mas a área do turismo pode também ser desenvolvida aqui na própria região, que possui uma geografia peculiar, de beleza única. Agora nós temos que começar a trabalhar essa questão e isso deve ser um trabalho contínuo. A região norte, ou na própria Serra da Capivara, ainda não conseguiram atingir um nível de preparo para o turismo que eles têm em potencial. Agora há que se começar, Corrente é muito bonita e tem seus arredores belíssimos.

 

O senhor assume no próximo dia 1º o governo do Estado. O extremo sul do estado precisa se preocupar, tendo um parnaibano ao comando? Corremos o risco de ser esquecidos?

Sou parnaibano, mas primeiro sou piauiense! Qualquer que seja o governador ele jamais poderá esquecer Corrente, acredito que nenhum o faria. Principalmente se levarmos em conta o potencial da região e acima de tudo o prefeito que hoje temos aqui, conhecido em todo o estado, com grande prestígio entre os políticos pela sua seriedade, pela sua honradez e pela sua vontade de ver as coisas acontecerem, nenhum governante poderá ou deixará de ver Corrente com a sua devida importância. Não será um parnaibano que fará isso. Darei a Corrente o tratamento que ela precisa e que merece.

 

O governador assumiu o compromisso de realizar a obra da estrada que fará a ligação do município de Corrente à Chapada das Mangabeiras, autorizando inclusive a publicação do edital de licitação. O senhor assumindo, pretende de fato realizar esta obra, que é uma solicitação feita já a 120 anos pela Câmara de Vereadores do município ao então governo do estado?

Eu me comprometi com o prefeito Jesualdo, e faço questão de, tão logo seja concluído o processo licitatório já autorizado pelo governador Wilson Martins, de vir até Corrente assinar a ordem de serviço para o início das obras da primeira etapa dessa estrada. Quero assinar a ordem de serviço e, pode deixar registrado, assumo o compromisso de entregar essa obra! Um parnaibano fará história em Corrente!

 

Link
Tags »
Um parnaibano far hist ria em Corrente afirma Z Filho
Notícias Relacionadas »
Comentários »