10/04/2014 às 23h23min - Atualizada em 10/04/2014 às 23h23min

Ex-prefeito de Corrente realiza transações de faixada em benefício próprio

Compra e venda fictícia de imóveis utilizou recursos da Caixa Econômica Federal

Portal Corrente
O ex-prefeito de Corrente, Benigno Ribeiro, e alguns integrantes de sua família realizaram transações de compra e venda de imóveis, todos de sua propriedade, utilizando recursos da Caixa Econômica Federal. Segue abaixo o roteiro das transações dos irmãos Ribeiro junto a CEF, Agencia Corrente.
 
1º - Em 2008 o Sr. Gladson Murilo Mascarenhas Ribeiro comprou junto a seu irmão Benígno Ribeiro de Souza Filho o imóvel residencial unifamiliar localizado a Rua Benjamin Nogueira s/n, centro, Corrente-Pi. Já em 2012 ocorre o processo inverso em que o Sr. Gladson Murilo Mascarenhas Ribeiro revende este mesmo imóvel ao seu irmão Benígno Ribeiro de Souza Filho;
 
2º - O Sr. Gladson Murilo Mascarenhas Ribeiro comprou do seu irmão Benígno Ribeiro de Souza Filho o imóvel residencial localizado a Rua Adolf John Terry, centro, Corrente-Pi. Já em 2012 ocorre também o processo inverso no qual o Sr. Gladson Murilo Mascarenhas Ribeiro revende este mesmo imóvel para o seu irmão Benígno Ribeiro de Souza Filho;
 
3º - Também em 2012 o Sr. Gladson Murilo Mascarenhas Ribeiro compra na mão do seu também irmão Elvio Mascarenhas Ribeiro, uma casa residencial localizada a Rua Filemon Nogueira, centro, Corrente-Pi.
 
Todas estas transações de faixada (fictícias), foram executadas com chancela e recursos da Caixa Econômica Federal, através do SBPE no Âmbito do Sistema Financeiro de Habitação - SFH.  Suspeita-se inclusive, que o Sr. Benígno Ribeiro de Souza Filho utilizou-se da sua influência de prefeito para obter privilégios junto à Caixa Econômica, Agencia de Corrente-Pi,  para promover as indigitadas transações envolvendo alguns milhares de reais em operações supostamente de faixada.
 
É válido ressaltar que, todos os envolvidos nas negociações, em nenhum momento transferiram os seus domicílios, embora tenham feito inúmeras transações dessa natureza, próprias de quem financia imóvel para residência própria. Pode se constatar também que ocorreram algumas transações no curso do processo eleitoral em que o Prefeito Benigno Ribeiro era candidato a reeleição.
 
Consultado pelo Portal Corrente, o promotor do município, Rômulo Cordão, afirmou: "Tudo isto relatado é extremamente grave. Caberá ao Ministério Público Federal realizar as investigações, bem como à Polícia Federal, visto que envolve recursos federais do Sistema Financeiro de Habitação sob suspeita de fraudes.
 
Enquanto trasnsações como estas são realizadas utilizando-se influência política, o cidadão comum padece nas exigências e burocracias impostas pela Caixa Econômica. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp