08/02/2015 às 12h29min - Atualizada em 08/02/2015 às 12h29min

Polícia captura 4 suspeitos de matarem segurança de filho do governador

Três são menores de idade, apenas um é maior

Cidade Verde; foto: 180

Policiais civis capturaram ao longo deste sábado (7) quatro suspeitos de terem participado do assassinato do soldado Francisco das Chagas Nunes, 43 anos, morto na noite de sexta-feira (6), no bairro Jóquei, zona Leste de Teresina.

O soldado C. Nunes foi morto durante uma tentativa de assalto a um grupo de amigos de Vinícius Dias, filho mais velho do governador Wellington Dias. Ele fazia a segurança da residência onde Vinícius e seus amigos estavam em um grupo de oração. Durante a ação, ele foi abordado e atingido com um tiro na cabeça, morrendo momentos depois. 

O titular da Delegacia de Homicídios, Francisco Costa, o Baretta, informou que a polícia trabalhou ininterruptamente até conseguir capturar os suspeitos. “Três são menores de idade e um maior, Wellington Bruno Pereira Santos, vulgo Pipoqueiro, que confessou ter efetuado o disparo. Disse que ou seria ele ou o policial. Foram pegos na Taboca do Pau Ferrado, Renascença e Dirceu II. Todos já são velhos conhecidos da polícia”, declarou.

Além do delegado Baretta, que encabeçou os trabalhos, está ouvindo os suspeitos a delegada Thaís Paz, do Delegacia de Segurança e Proteção ao Menor Infrator.

“Graças a Deus conseguimos dar uma resposta rápida à sociedade. Estamos trabalhando há mais de 24 horas e esperamos que a Justiça não solte. Pois como o juiz (da Infância e Juventude, Antonio Lopes) falou, o Ministério Público não estava acompanhando os casos envolvendo adolescentes. Esperamos que isso não aconteça”, descreve Baretta.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp