16/08/2013 às 11h21min - Atualizada em 16/08/2013 às 11h21min

Hospital Regional de Corrente realiza mutirão de cirurgias.

O HRC é pioneiro no Piauí em realizar esse tipo de trabalho, a equipe de profissionais é do próprio Hospital

CCom

Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Corrente, extremo sul piauiense, o Hospital Regional João Pacheco Cavalcante (HRC) é o pioneiro no Piauí em realização de mutirão para cirurgias eletivas. Como a gestão da saúde do município é plena, o mutirão também atende a microrregião, compreendendo os municípios circunvizinhos.

 

O cirurgião-geral Jean Carlos Félix, diretor-clínico do HRC, é quem está à frente de todo o processo. Para a diretora-federal do Hospital, Samara Sá, tudo foi pensado no sentido de somar forças para um melhor e mais eficaz atendimento à população. “Parcerias são sempre bem-vindas, afinal, todos nós trabalhamos para o melhor do nosso povo”, enfatizou.

 

Num primeiro momento, o mutirão vai garantir os procedimentos cirúrgicos de Colecistectomia, Histerectomia Total e cirurgia de Hérnia. Já foram realizadas 25 cirurgias nesses últimos dias, incluindo dois procedimentos cirúrgicos de Hérnia em crianças. “Estamos com a previsão de realizar outras 20 cirurgias até o fim deste mês. A meta total é de operar 45 pacientes, sem contar, é claro, as cirurgias que já haviam sido agendadas, fora da lista do mutirão”, explicou Samara Sá.

 

A equipe que realiza o mutirão de cirurgias eletivas em Corrente é formada por dois cirurgiões-gerais, um ginecologista obstetra, dois anestesistas, além de enfermeiros e técnicos em enfermagem. Os dois centros cirúrgicos do HRC estão sendo utilizados durante o mutirão, simultaneamente. Cidades como Monte Alegre, Gilbués, Riacho Frio, Parnaguá e Curimatá também estão sendo beneficiadas pelo mutirão, após apresentarem demanda ao município referência, que é a cidade de Corrente. “Esse é o primeiro de vários trabalhos que pretendemos realizar. A ideia é que possamos sempre contar com a parceria das secretarias municipais de Saúde, em especial, a secretaria de Corrente”, finalizou Samara Sá, diretora-geral do HRC.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp