05/09/2013 às 08h08min - Atualizada em 05/09/2013 às 08h08min

Escritório de advocacia que trabalha para Assis Carvalho funciona em loja de cosméticos

O deputado Federal foi procurado pela reportagem durante todo dia. Disse que ia gravar entrevista, mas, à noite acabou desistindo.

GP1

GIL SOBREIRA, DO GP1

Suspeitas de irregularidades com os gastos provenientes da cota para exercício da atividade parlamentar foram mostradas pelo Fantástico no último domingo (1). 
 

Vinte e um deputados, dentre eles o petista Assis Carvalho, estão sendo investigados pelo Tribunal de Contas da União, que quer saber como está sendo usada a verba destinada para as atividades parlamentares.

Outra denúncia


O Bom Dia Brasil, da Rede Globo de Televisão, edição desta quarta-feira (6), foi a outros "dois prestadores de serviço" do deputado Assis Carvalho, em Teresina. De acordo com a reportagem, a assessoria de imprensa funciona em uma casa de eventos. Sem gravar, a dona disse que tem autorização para fazer a assessoria. Já o escritório de advocacia funciona em uma loja de cosméticos.

O deputado Assis Carvalho foi procurado pela reportagem durante todo dia. Disse que ia gravar entrevista, mas, à noite acabou desistindo.

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, disse que vai tomar providências quanto às despesas de todos os deputados. “Vamos tornar mais rigorosa ainda a fiscalização nesse aspecto da diretoria geral da câmara dos deputados”, garantiu.

A verba para as atividades parlamentares, que inclui o aluguel de carros, varia, por deputado, de R$ 25 mil a R$ 37 mil, por mês. Essa variação depende do estado.

Reportagem completa do Bom Dia Brasil clique aqui


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp