10/12/2018 às 16h04min - Atualizada em 10/12/2018 às 16h04min

Ageu Cavalcante Lemos é agraciado com a Comenda Marquês de Paranaguá

Solenidade aconteceu na última sexta-feira, 7 de dezembro, na Câmara de Vereadores de Corrente

Foto: Alessandro Guerra
O advogado, político e escritor Ageu Cavalcante Lemos foi um dos homenageados com a Comenda Marquês de Paranaguá pela Câmara de Vereadores de Corrente. A belíssima solenidade aconteceu na última sexta-feira, 7 de dezembro, no plenário da Câmara.

Bastante emocionado, Ageu enalteceu as suas raízes correntinhas, onde adquiriu valores que perpetuaram por toda a sua vida. “Corrente está no meu sangue, no meu coração, na minha história. É onde busco refúgio e onde recarrego as minhas energias para seguir em frente, sempre coerente com a educação e os ensinamentos que recebi de minha família”, colocou.

Ageu relembrou a sua saída de Corrente há 58 anos, quando mudou-se para Goiânia, local onde construiu a sua vida profissional e familiar. “Foi nessa jovem capital, cravada no coração do Brasil, onde fiz amigos e ajudei a construir a sua história, assim como tantos retirantes do Nordeste brasileiro”. O homenageado rememorou ainda a grande emoção vivida no ano passado, no lançamento do livro “Ageu Cavalcante, o Mago do Diálogo”, em concorrida solenidade realizada no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, com a presença de importantes políticos.
 
“Ser homenageado na minha cidade natal é o maior reconhecimento que eu poderia ter. Me sinto imensamente feliz e prestigiado. Ao vereador Luís Augusto, que me proporcionou essa alegria,  os meus mais sinceros agradecimentos, que estendo a toda essa casa legislativa. O dia de hoje ficará para sempre registrado na minha memória no meu coração como um dos mais belíssimos vividos. Muito obrigado!”.
 

O autor da proposta de homenagem, o vereador Luís Augusto Louzeiro, revelou que história esteve conectada a de Ageu. “Em 2006 eu era estagiário do curso de medicina veterinária em Rio Verde, o senhor Ageu era Secretário Estadual de Trabalho de Goiás e aquilo era motivo de muito orgulho e satisfação, pois quando me perguntavam de onde eu era eu respondia que era da cidade do secretário estadual do Trabalho, de Corrente, Piauí. Para uma pessoa sair de uma cidade de interior, como Corrente, e ocupar importantes cargos eletivos em uma grande cidade como Goiânia é necessário que essa pessoa tenha alguns méritos e é reconhecendo esses méritos que eu e a população de Corrente lhe prestamos essa homenagem na data de hoje!”.


 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp