06/07/2019 às 12h43min - Atualizada em 06/07/2019 às 12h43min

Hospital Regional de Corrente recebe a visita da Comissão de Saúde da Alepi

Ascom
Daniel Sousa Lima (esq.), diretor geral do HRC, deputada Lucy Soares, deputada Teresa Brito, o Diretor Clínico, Dr. João Sirqueira e o diretor da Unidade de Organização Hospitalar da Sesapi, Antônio Neres Júnior
O Hospital Regional de Corrente recebeu, nesta sexta-feira (5), uma visita técnica da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado do Piauí. Acompanhados pelo diretor geral da instituição, Daniel Sousa Lima, os deputados Teresa Brito (PV), Lucy Soares (PP) e Gustavo Neiva (PSB) realizaram uma vistoria em todas as dependências do hospital, conversaram com funcionários e com os pacientes.

Após a vistoria, os parlamentares também realizaram uma reunião com a direção, corpo clínico, servidores e vereadores presentes, oportunidade em que puderam esclarecer dúvidas e debater sobre as dificuldades da instituição.

 

A deputada Teresa Brito destacou alguns pontos que merecem urgência das autoridades. “Encontramos algumas situações, como a falta de pediatra no hospital, isso é essencial, assim como a falta do anestesista, há necessidade de contratação imediata. Precisamos ainda colocar em funcionamento o laboratório, que é imprescindível para o diagnóstico dos pacientes. Outras questões estão relacionadas à estrutura, como a necessidade urgente de substituição das camas, a aquisição de berços para as crianças, uma mesa adequada para a sala de parto”, colocou.

A deputada ressaltou ainda a necessidade de retomada dos mutirões de cirurgias eletivas, assim como a aquisição de uma UTI Móvel para a transferência de pacientes em estado grave. A contratação de psicólogo para o atendimento de mulheres vítimas de agressão sexual foi outro ponto destacado pela parlamentar. 

 

O diretor do Hospital, Daniel Sousa Lima, destacou que a maioria dos problemas identificados pela comissão já haviam sido diagnosticados. “Muitas das questões identificadas hoje já são preocupação nossa e estão sendo solucionadas, como a aquisição de camas novas e colchões. A reforma estrutural está em andamento e sobre o laboratório, nós já estávamos em processo de contratação de um fornecedor para insumos e equipamentos, para que os exames sejam realizados aqui mesmo no hospital”, pontuou.

Já o diretor da Unidade de Organização Hospitalar da Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi), Antônio Neres Júnior, destacou que algumas melhorias e avanços também têm ocorrido no Hospital Regional de Corrente. “Com a implantação do serviço de regulação, nós tivemos um histórico do mês de junho de apenas 19 pacientes transferidos, a maioria deles relacionados à parte de ortopedia. Outro serviço que teve atenção redobrada foi a Classificação de Risco, onde pudemos identificar que mais de 80% dos atendimentos foram ambulatoriais, ou seja, poderiam ter resolvidos na Atenção Básica”, colocou.

 

 
Neres Júnior também  lembrou  que o hospital já passa por reforma e que melhorias  estão sendo implementadas. “Conforme colocou o diretor da unidade, o imóvel já se encontra em reforma e as camas e colchões novos já foram adquiridos, que foi uma demanda identificada no mês de maio, quando uma equipe técnica da Sesapi esteve aqui em Corrente.  A contratação do psicólogo para o SAMVIS também já havia sido autorizada, assim como do médico anestesista. Entretanto, sabemos que há uma grande dificuldade em contratar médicos para os hospitais de Corrente e Bom Jesus pela questão geográfica, mas esperamos estar com esses profissionais  já atuando no mês de agosto”.

Ele finaliza ressaltando a importância da presença dos deputados. “A visita dos parlamentares é muito salutar, esse é o sexto hospital visitado pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa e a Secretaria de Saúde esta sempre presente, acompanhando, apresentando as estruturas . Após a publicação do relatório final, a Sesapi vai se manifestar demonstrando todos os investimentos que estão sendo feitos e aqueles que porventura venham a ser feitos em decorrência da vista da Comissão de Saúde da Alepi”.




Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp