16/07/2020 às 20h23min - Atualizada em 16/07/2020 às 20h23min

MP-PI requer instauração de inquérito policial por calúnia contra a secretária de Saúde de Bom Jesus em grupos de Whatsapp

Portal Ponto X

O Ministério Público Estadual, através de sua 1ª Promotoria de Justiça de Bom Jesus, requereu no dia 8 de julho a instauração de Inquérito Policial para apuração da prática dos crime de calúnia e difamação pelos seguintes denunciados: Lumma Karla Dos Santos Vieira; Henrique Baião de Senna Lacerda; Marciel Vargas Mangueira e Danúbia Lafayete Mendes Da Luz.

Segundo a notícia de fato realizada pela vice e pré-candidata a prefeita de Bom Jesus, Cledja Moreno Benvindo, Processo n.º 000258-080/2020 em trâmite no MP Estadual, os denunciados, de forma reiterada, vêm, praticando os crimes de calúnia e difamação nos mais diversos grupos de whatsapp da cidade, tudo com o indisfarçável propósito não apenas de atribuir a prática de diversos supostos delitos, mas também de denegrir e aviltar a imagem da denunciante, tanto na sua dimensão pessoal quanto na de gestora pública.

Cumpre destacar, que em 26 de maio deste ano, quando ainda ocupava o cargo de secretária de saúde do município de Bom Jesus, a vice-prefeita Cledja Benvindo denunciou, durante a realização da live semanal do comitê gestor da covid-19, sofrer ataques na internet, principalmente em grupos de whatsapp.

Registra-se, que dentre as principais calunias e difamações, já que são inúmeras e diariamente se renovam em grupos de whatsapp, estão as falsas acusações de causar dano ao erário acumulando ilicitamente o salário de vice-prefeita e secretária municipal, e de receber de forma ilegal R$ 13.000,00 (treze mil reais) de diária em um único dia.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp