11/12/2013 às 16h14min - Atualizada em 11/12/2013 às 16h14min

Piauí está na rota do tráfico de cocaína

Apreensão de quase 300 quilos da droga pura confirmam o fato

Diário do Povo
A apreensão pela Polícia Federal, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, de quase 300 quilos de cocaína pura sábado, dia 7,  na rodovia BR-020, em Parambú (CE), é mais uma prova de que o Piauí está se transformando num centro consumidor de drogas para o corredor do tráfico. A BR-020 passa por Geminiano e Santo Antônio de Lisboa, na região de Picos, e corta o Ceará.
 
Levantamentos feitos pela Polícia Federal revelam que a droga era oriunda da região norte do país e estava sendo transportada para o Ceará em um caminhão, modelo tanque, com placas do Mato Grosso e no momento da abordagem, realizada no posto de fiscalização de Parambú, quase na divisa com o Piauí, no município de Pimenteiras, dois ocupantes foram presos e autuados em flagrante. O motorista Saulo de Tarso da Silva e o carona, Rubens Ramos Holanda, foram presos e conduzidos para Fortaleza, onde foram autuados na Delegacia de Repressão aos Entorpecentes. 
 
TRANSPORTE - De posse da rota do caminhão, os policiais montaram a operação e quando o mesmo chegou no posto de fiscalização, a abordagem foi feita. A origem da droga ainda está sendo apurada pela PF. Durante todo o último domingo, os dois homens detidos foram interrogados na sede da PF, e, depois de lavrado o flagrante, os acusados foram levados para uma das unidades prisionais daquele estado.
 
ROTA - As duas apreensões confirmaram para as autoridades da Segurança Pública do Ceará informações de que traficantes de outros Estados estariam mandando para este Estado grandes carregamentos de drogas, especialmente cocaína, cuja distribuição ficaria concentrada na Capital e Região Metropolitana.
 
Com as duas apreensões ocorridas recentemente, já é quase meia tonelada de cocaína tirada da posse dos traficantes, o que provocou um prejuízo de cerca de R$ 10 milhões.
 
As autoridades cearenses ainda investigam se há uma conexão de traficantes locais com a organização criminosa PCC.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp