03/03/2017 às 07h50min - Atualizada em 03/03/2017 às 07h50min

PRF aponta falhas na BR-135 onde oito pessoas morreram em acidentes

G1

Foto: Cristiano Setragni

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontou falhas nos trechos da BR-135 em Cristalândia do Piauí, Sul do estado, onde oito pessoas perderam a vida em dois acidentes graves durante o carnaval. Para o superintendente Wellendal Tenório, parte do resultado das ocorrências registradas se decorre das péssimas condições de segurança da via.

"Temos de Elizeu Martins à Cristalândia um problema grande com falha na rodovia. São 18 km na BR-135 sem vias duplicadas, falta acostamento, com desvio do pavimento estrutural da via e outros fatores ausentes. A largura normal de uma rodovia federal é de 7 metros e ali temos 5,8 metros, o que impõe várias situações de riscos para quem passa por ali", revelou.

O superintendente ainda destacou que nos boletins de acidentes registrados no trecho, os agentes já vinham colocando a observação a condições de segurança da via. Em decorrência dos dois acidentes, a PRF a partir de agora vai montar uma equipe técnica para analisar a situação da rodovia e cobrar melhorias das autoridades.

"Quando o condutor falha, precisamos ter uma via adequada para oferecer ao motorista alternativas para corrigir o erro. Guiar um veículo na BR 135 tem de ser perfeito, qualquer circunstância que dê errado é um grande perigo. Vamos conversar com autoridades da região sobre a estrada e entregar um relatório ao Ministério Público a respeito das condições da via", afirmou.

Segundo Wellendal Tenório, a PRF do Piauí fará um levantamento técnico-científico na rodovia, enquanto a equipe de Sergipe através de um scaner rodoviário vão mapear com precisão as condições da estrada. "A partir dali teremos um levantamento técnico para criar um documento, que será encaminhado aos órgãos responsáveis pela estrutura daquela área e o poder público possa se mobilizar para no intuito de termos uma área mais segurança", acrescentou.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »