06/03/2017 às 23h01min - Atualizada em 06/03/2017 às 23h01min

Vereadores de Corrente solicitam audiência pública para discutir fechamento dos anexos

Audiência está marcada para acontecer no dia 10 de março, a partir das 9h

Portal Corrente
Viviane Setragni

Fotos: Viviane Setragni

Os vereadores do município de Corrente aprovaram por unanimidade, na segunda sessão ordinária de 2017, requerimento para a realização de uma audiência pública para discutir o fechamento dos anexos onde são ofertados o Ensino Médio na zona rural de Corrente. Autoridades competentes, Ministério Público e comunidade serão convidados a discutir a medida que atingiu 4 unidades no município.

A vereadora Valéria Lemos destacou que o fechamento dos anexos trouxe a oportunidade de discutir a importância da qualidade da educação que é oferecida aos estudantes. “A educação não se faz apenas com demanda, professor e transporte. Nós sabemos a realidade de alguns desses anexos, como o da Fazenda de Cima, que opera em condições inadimissíveis. A discussão abre a chance para solicitar a reabertura desses anexos, mas que eles sejam reabertos com condições de oferecer o ensino com dignidade”, destacou.

O vereador Riva enfatizou a importância de ouvir os estudantes, os pais e professores, assim como a gerente da 15ª GRE, Luzia Lustosa. “Temos que dar a voz a todos, para que todos coloquem o seu ponto de vista”, colocou.

Com o fechamento dos anexos, aproximadamente 130 estudantes da zona rural do município de Corrente vêm diariamente para a sede do município assistir às aulas na Unidade Escolar Joaquim Antônio Lustosa. A determinação da SEDUC para a desativação das unidades foi baseada no baixo rendimento dos estudantes em sala de aula, assim como o seu inexpressivo resultado  no ENEM.

A audiência pública está marcada para acontecer no dia 10 de março, a partir das 9h, no Plenário da Câmara.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »