22/07/2018 às 18h12min - Atualizada em 22/07/2018 às 18h12min

Vice-governadora marca presença na 43ª Expocorrente

Acompanhada pelo prefeito de Teresina, Firmino Filho, e sua esposa Lucy, comitiva visitou os estandes e atrações da exposição. Firmino destacou as potencialidades do sul do estado e a necessidade de estruturação da região.

Portal Corrente
A vice-governadora Margarete Coelho, acompanhada pelo prefeito de Teresina Firmino Filho e sua esposa Lucy Silveira, marcaram presença na Expocorrente neste sábado (21).
 

Coordenador do Curso de Zootecnia da UESPI, Hermógenes Santana, explicou a importância do curso, os potenciais da pecuária
na região e a necessidade de investimento no campus de Corrente

Juntamente com o ex-prefeito de Corrente Tertuliano Cavalcanti, a comitiva visitou os diversos pavilhões de exposição de gado, o estande do curso de Zootecnia da UESPI e todas as dependências do Parque de Exposição Alberto Tavares Silva, incluindo o leilão no Tatersal.

Sobre a exposição,a vice-governadora enfatizou o compromisso do estado, considerando a importância da atividade para a economia do município e do estado.

 

Durante a visita, a vice-governadora conversou com o presidente da Associação dos Barraqueiros de Corrente, Vadoca. O mesmo destacou a importância da estruturação das barracas, que hoje trabalham com cozinhas totalmente improvisadas, sem instalações adequadas.

A grande movimentação durante a feira de exposição chamaram a atenção de Margarete Coelho, que comentou sobre a necessidade de ampliação do parque.

 

Já o prefeito Firmino Filho ficou impressionado com a transformação da cidade de Corrente e com o Parque de Exposição Alberto Silva, já que há mais de 10 anos não visitava o município. "Estive na exposição em 2006 e uma constatação pessoal que eu faço é o crescimento do evento e acredito que isso demonstra a pujança da pecuária aqui na região e os grandes potenciais que existem para o futuro e que precisam ser explorados. É através da geração de riquezas que nós teremos geração de emprego e renda para os pais e mães de família", colocou.

Firmino ressaltou ainda que no Corrente foge da regra do restante do estado do Piauí, nos quais os municípios dependem quase que exclusivamente de repasses federais. "O setor pecuário é dinâmico em Corrente, pois contribui substancialmente para a geração de riquezas, o que é uma excessão no nosso estado. Isso demonstra o potencial da economia do município e os potenciais para serem trabalhados no futuro, com um planejamento estratégico bem definido nos quais o planejamento municipal esteja alinhado com o planejamento estadual, para que resultem em resultados positivos".

O prefeito também destacou que, ao contrário do centro e norte do estado, a região sul tem grandes potenciais econômicos. "Na região norte há menos potenciais que na região sul, que embora tenha uma densidade populacional menor, temos o agronegócio no cerrado, a pecuária aqui no extremo-sul e a parte dos minérios e das energias renováveis no centro-sul. Se nós queremos o desenvolvimento do estado do Piauí nós temos que alavancar recursos para que a infraestrutura do sul seja construída para que essas potencialidades possam se transformar em ganhos reais", finalizou o gestor.



 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp