10/08/2020 às 18h12min - Atualizada em 10/08/2020 às 18h12min

Hospital de Corrente passa por ampliação e recebe EPIs

O Hospital Regional Dr João Pacheco Cavalcante vai receber cinco leitos de UTI.

Governo do Piauí

Desde o início da pandemia do novo coronavírus o Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), já entregou 92.496 mil equipamentos de proteção individual (EPIs) para o Hospital Regional Dr João Pacheco Cavalcante, em Corrente, e as equipes do Programa Busca Ativa do município.
 

“Estamos atentos à cada município do Piauí, disponibilizando EPIs, testes rápidos, além de melhorias aos hospitais, desde o início da pandemia. Como foi o caso do Hospital Regional Dr João Pacheco Cavalcante, que está passando por reforma no setor Covid-19, que contará com 20 leitos para o tratamento da doença”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.
 

A unidade de saúde dispõe atualmente de cinco leitos clínicos e dois de estabilização, exclusivos para o tratamento da Covid-19. O Hospital Regional Dr João Pacheco Cavalcante também está passando por uma ampliação do setor, que vai receber a instalação de cinco leitos de unidade de terapia intensiva (UTIs).
 

“Contamos com o apoio da Sesapi desde o começo da pandemia, que já nos disponibilizou EPIs, ambulância com UTI móvel e agora está realizando esta ampliação do setor Covid-19, que vai funcionar com 12 leitos clínicos, três de estabilização e cinco UTIs, a previsão de entrega é a segunda quinzena de agosto”, lembra o diretor do hospital, Daniel
 

Entre os 92.496 mil EPIs entregues, tanto para o hospital como para o município de Corrente, estão máscaras N95, máscaras cirúrgicas, álcool em gel, luvas de procedimentos, óculos de proteção, protetor facial, toucas, propés e aventais, além de testes rápidos para a detecção do novo coronavírus.
 

Segundo o boletim epidemiológico do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesapi, a cidade de Corrente já registrou 95 casos de coronavírus e dois óbitos pela doença.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp