28/06/2014 às 01h19min - Atualizada em 28/06/2014 às 01h19min

UESPI-Corrente continua em clima tenso.

Reitor Nouga Cardoso Batista interfere e causa estranheza em datas escolhidas.

Cristiano Setragni

A situação da UESPI-Corrente vem piorando cada dia e chegou a um ponto em que não existe mais harmonia entre os membros do Conselho. A gana de manter a direção do campus nas mãos de pessoas que nunca tiveram intenção alguma de elevar o campus, extrapola até mesmo o bom senso. Há vários anos a UESPI-Corrente está refém de professores que nem mesmo foram efetivados em concurso público, ao contrário, são professores emprestado do estado, de escolas estaduais de ensino fundamental e médio, esses tomam conta do campus. Por isso a universidade estadual de Corrente em nada parece com uma Universidade e sim com uma escola de ensino médio.

O reitor da UESPI, que estava de licença médica, resolveu interferir na questão, porém contrariando o bom senso e até mesmo a orientação da vice-reitora Dra. Bárbara,  que havia falado para este que aqui escreve ao consulta-la pessoalmente. A opinião dada pela vice-reitora era que os problemas do campus de Corrente deveriam ser resolvidos em Corrente, através do Conselho do Campus de Corrente, que a reitoria teria apenas que acatar com a decisão vinda de baixo para cima e não o contrário.

Já o reitor Nouga pensa diferente, em entrevista dada ao Portal Corrente através de telefone, ele deixa claro: “Quem nomeia diretor no interior do estado é o reitor, e que está descartado qualquer possibilidade de se ter um diretor em Corrente que tenha apoio da administração municipal de Corrente, que a UESPI não se envolve com a política municipal de Corrente”.

A questão é: Quando é que a administração pública de Corrente se envolveu com a UESPI?

A atual diretora deposta do cargo e mantida ainda através de decisão do reitor, Mirian Folha, espalha aos quatro cantos de Corrente que tudo isso tem envolvimento da prefeitura, que isso é perseguição política. Ataca até mesmo entidades que em nada se envolvem com o que vem passando o Campus.

Na continuação da entrevista dada pelo reitor Nouga, ele diz que o novo diretor será escolhido através de consulta ao colegiado e alunos, dando assim uma chance a democracia na escolha do novo diretor e que isso será feito já nesta semana que estar por vir. E bem no dia de jogo do Brasil, caso se classifique para as quartas de final.

O grande erro do reitor é que: semana que vem, menos da metade dos alunos estarão presentes, pois muitas matérias dos cursos já chegaram ao fim e grande parte dos professores efetivos e concursados estarão viajando. O que dará grande margem de vitória ao grupo comandado pela atual diretora, já que estes não são de fora, ficarão em Corrente e com certeza manterá a mesmice que vem passando a UESPI por anos e anos.

Essa decisão de consulta aos alunos seria uma atitude nobre do reitor Nouga, se ele fizesse em agosto, não em época de férias e copa do mundo, pois dá a impressão de arranjo, ou melhor, de uma comédia tragicômica.

Por baixo dos panos a atual diretora vem tentando obter a maioria dos colegiados, usando métodos nada convencionais, troca de conselheiro de forma arbitrária, eleição de representantes de sala de forma duvidosa e nada transparente e até mesmo usando de benefícios para conquistar alguns alunos e representantes de salas e assim manter uma certa fidelidade a seus interesses. Vale tudo!

Funcionários estão recebendo férias, licenças médicas, coisa que há anos se esperava e tudo está acontecendo hoje, no mínimo estranho, muito estranho, pois trata-se de pessoas que anseiam mudança e não estarão aqui para votar.

A impressão que dá, digo apenas impressão, é que a reitoria compactua com tudo isso, pois visivelmente está havendo uma clara manipulação para se forjar um novo diretor, o que melhor convém aos interesses retrógrados, inertes ou realmente, verdadeiramente, tudo não passa de um verdadeiro equívoco ou mera coincidência

A impressão que dá é que se faz tudo para o errado continuar, assim, num futuro próximo, teria um bom motivo para fechar a UESPI em Corrente e manter só a de Bom Jesus.

Não acuso, apenas digo que dá impressão, e bota impressão nisso. Aponto os fatos.

Hoje deveria ter uma reunião para a escolha do novo diretor, a convocação foi assinada por 14 membros do conselho, de um total de 23, ou seja, a grande maioria.

O reitor Nouga não permitiu que a escolha fosse feita nesta reunião, ele quer que tudo seja resolvido semana que vem, quando o Campus estiver praticamente vazio de alunos e professores que tanto anseiam uma mudança de fato. Deixando assim a UESPI-Corrente no mesmo caminho que vem tomando, o de fechar a qualquer momento.

Aliás, a menos de dois meses foi encaminhado para o conselho de Corrente a proposta de fechar para o ano que vem, as inscrições do Sisu para os cursos de Direito, Agronomia e Zootecnia, o conselho decidiu fechar apenas o de Agronomia, por sugestão do colegiado do curso. Não digo que foi ordem do reitor, não! Mas veio de Teresina, ou seja, lá de cima.

O Campus de Corrente precisa urgente de 22 professores e o reitor ou seja lá quem, disponibilizou apenas 6 para Corrente.

Quem manda hoje no Campus de Corrente são professores que nem concursados são, foram professores de escolas estaduais emprestados, através de portaria, como eu já disse, alguns estão desde 1994 tratando a universidade como uma rede estadual de ensino básico. Professores concursados e preparados, sofrem dia a dia sem nada poderem fazer e quando tentam mudar a história de Corrente, são pegos pela politicagem de uma minoria que vem se perpetuando ano a ano.

O poder hoje está nas mãos dos alunos, esses são os que poderão fazer algo.

Se ficar claro a maracutaia na indicação da nova diretoria, a UESPI vai parar e o reitor terá uma grande batata quente nas mãos para descascar.

Quem buscará uma solução e uma decisão não será mais o reitor e sim os alunos.

O estado do Piauí verá e ouvirá vozes de quem não é partidário com toda essa imposição posta a força para se manter tudo como está.

A UESPI de Corrente pede socorro!

Se nada acontecer, a UESPI em Corrente estará com os dias contados, a UESPI vai fechar.

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp