04/03/2013 às 23h04min - Atualizada em 04/03/2013 às 23h04min

João Mádison fala sobre a política em Corrente e no Estado

. “O grupo está de cabeça em pé”, declarou o deputado

Portal Corrente

 

O deputado João Mádison esteve em Corrente neste final de semana com objetivo de fortalecer o grupo político, formado pelo PMDB, PP e PSDB. Em entrevista à Rádio Cerrado, o deputado anunciou,  como parte da estratégia do grupo, o retorno dos radialistas Gutão e Florisvaldo à Rádio. “O grupo está de cabeça em pé”, declarou o deputado, que vê também no ex-prefeito e líder político um grande aliado.

No sábado João Madison esteve em Brasília, na convenção do PMDB, na qual esteve também presente a presidenta Dilma Roussef: “a presidenta confirmou a importância da aliança com o PMDB no seu governo, e isto favorece muito a nós,  do Piauí. Necessitamos de grandes investimentos, como no setor elétrico, recuperação de estradas e temos ainda que nos preparar  para a terrível seca que está por vir este ano”, declarou.

João Madison confirmou que irá lutar pela permanência do posto de distribuição da CONAB em Corrente, pois muitos criadores rurais dependem diretamente do milho distribuído. O deputado também assume o compromisso de lutar pela ligação entre Corrente e a Serra das Mangabeiras para escoação da produção de grãos, hoje feita toda pela Bahia, solicitação já feita ao governador, assim como a construção do aeroporto em Corrente - há tempos vem trabalhando neste projeto.

Sobre as próximas eleições, o deputado não deixa dúvida sobre a viabilidade da candidatura de  Zé Filho ao governo do estado, dada a sua tradição na política, a força do seu eleitorado e o excelente trabalho que tem realizado. Igualmente ressaltou os benefícios que o estado receberá, já que o governo federal tem o PMDB como partido aliado.

André Maurício Nogueira, também presente na entrevista, falou sobre a situação de Corrente: “vemos  com preocupação o esvaziamento das oportunidades de trabalho no município, já que a grande maioria das licitações estão sendo ganhas por empresas de fora. O carnaval não aconteceu. A falta de manifestação sobre a Expo Corrente. Aulas do interior que não começaram. Outro ponto extremamente preocupante é a possibilidade da cobrança pelo consumo de água nos poços do interior. Eu espero sinceramente que os discursos de Jesualdo comecem a virar realidade, porque até agora não temos visto isso”.

Sobre a disputa das próximas eleições, André aposta: “se Jesualdo for coerente com os seus discursos ele apoiará candidato próprio para deputado estadual, o que não seria ruim para Corrente e região, pois a representatividade do sul do estado ainda é muito pequena. Podemos ter sim dois deputados aqui da região”.

 

Uma visita do vice-governador já está agendada para abril.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp