20/03/2014 às 21h24min - Atualizada em 20/03/2014 às 21h24min

Por que ninguém quer ser vice de Wellington Dias?

Por José Olímpio Leite de Castro

Coluna do José Olímpio

Uma coisa difícil de entender: O cidadão está em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto para o governo do estado, mas ninguém quer ser o seu vice. Estranho, né? Será que nem os aliados do candidato acreditam no resultado das pesquisas?

O senador Wellington Dias (PT), candidato declarado e já em plena campanha, a exemplo de seu principal adversário, deputado Marcelo Castro (PMDB), é festejado por setores da mídia como o favorito nas próximas eleições, mas até agora não conseguiu fechar a sua chapa.

Os nomes até aqui apontados como prováveis vice do petista – o ex-prefeito Elmano Férrer (PTB), a deputada estadual Margareth Coelho (PP) e a deputada federal Iracema Nogueira (PP) parecem fugir desse compromisso. Qual será o motivo? Não se sabe com certeza.

Surge agora o nome do vereador Inácio Carvalho como opção. Será que ele vai aceitar ou recusar? Sem nada a perder, pois em caso de derrota voltará para a sua cadeira na CMT, é provável que aceite. Afinal, a candidatura de vice, no mínimo, facilitará a sua reeleição de vereador.

Wellington Dias, a despeito dessa dificuldade de arranjar um vice, tem tido que contará com vários partidos da base de apoio do governo estadual, o que torna a situação ainda mais curiosa.

Como é que o candidato bem posicionado nas consultas eleitorais, podendo, pelos números apurados até agora, vencer o pleito logo no primeiro turno, consegue a adesão de vários partidos, mas nenhum deles quer indicar o vice?

Ora, bem menos cotado nas pesquisas, o principal adversário do petista arranjou rapidinho um vice de peso, que chegou a ser apontado como forte candidato a governador.

É possível que Wellington Dias não esteja preocupado com isso, pois julga que a eleição já está ganha. Nesse caso, o vice pode sair dos quadros do próprio PT, formando uma chapa puro sangue.

Wall Ferraz teve peito de fazer isso formando uma chapa com Chico Gerardo de vice para disputar a prefeitura de Teresina contra forças poderosas. Será que Wellington Dias terá a mesma coragem?


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp