13/03/2013 às 00h37min - Atualizada em 13/03/2013 às 00h37min

Sessão Ordinária n°630 modifica bandeira do município e elege o Corregedor da Câmara

Vereador João Antonio sugere mutirão de limpeza em Corrente

Portal Corrente

 

Leitura de repasses FNS; Leitura de convites enviados a camara pela Comunidade do Morro do Pequi para os festejos de São José e do Colégio São José, pelos 60 anos da instituição;

Homenagem póstuma ;

Ofício encaminhado ao Deputado Paes Landim solicitando a permanência do posto da Conab em Corrente;

Leitura das indicações dos vereadores;

Apresentação dos candidatos a corregedor da Câmara, onde o bloco de oposição indicou o vereador João Antonio e o bloco governista indicou o vereador Salmeron Filho;

Apresentação do projeto de lei 05/2013, que dispõe sobre os símbolos do município (bandeira, o brasão e o hino do município);

Oradores:

O vereador Dionízio Jr. Iniciou lamentando: “É triste ver a bandeira do município, que faz parte da cultura Correntina, ser sepultada em detrimento do gosto do gestor. A população não aprovou”. Posteriormente o vereador comentou acerca da cobrança de uma taxa nos poços e colocou que a mesma seria inconstitucional sem aprovação de lei na câmara, além de não considerar justo cobrar uma taxa dos menos favorecidos diante da seca que está por vir. Dionízio registrou também sua solicitação para permanência do posto da Conab em Corrente.

Já a vereadora Valéria Lemos homenageou as mulheres pelo seu dia e justificou sua ausência na última Sessão, quando esteve em Teresina participando de uma audiência pública junto ao TCE acerca do Fundo de Previdência Municipal, ou Corrente Prev como é chamado em Corrente. Segundo a vereadora, o TCE recomenda autonomia do órgão, onde os servidores deveriam ser concursados e não indicados pelo gestor, assim como a independência do órgão do prédio do executivo municipal, o que ainda não é realidade em Corrente. Valéria colocou ainda que toda dívida passada do fundo já está parcelada, assim como já foram efetuados  os repasses referentes aos salários dos meses de novembro, dezembro e 13°. “Hoje qualquer servidor do município que estiver apto a se aposentar poderá fazê-lo sem impedimentos”, garantiu a vereadora.

O vereador João Antonio solicitou que sejam adquiridas duas ambulâncias para o município. Outra questão abordada pelo vereador foi sobre o preço da carne: “os produtores estão vendendo carne por preços cada vez menores e o preço para o consumidor continua sendo alto. Todos estão sendo prejudicados com essa situação, consumidor e produtor”. João Antonio voltou a solicitar a manutenção da ponte do Calumbi, que hoje nem pedestre passa mais.

Posteriormente o vereador sugeriu que se faça um mutirão de limpeza na cidade, pois alega que já cansou de pedir. Sua idéia seria que cada vereador contratasse 5 trabalhadores, no mesmo dia, para efetuar a limpeza.

O Vereador Joabe Santana se solidarizou com as solicitações do vereador João Antonio e sugeriu que os correntinos deveriam ficar sem comer carne por uma semana em protesto. Também comentou sobre a ponte do Calumbi, que considera um grande descaso, e colocou-se à disposição para a realização para o mutirão de limpeza.

O vereador Salmeron defendeu o uso de uma política para racionalização da água. Falou também acerca do modo inadequado como são abatidos os animais em Corrente e defendeu a criação de um matadouro municipal. Salmeron questionou o valor cobrado pela iluminação pública. Posteriormente solicitou que os correntinos emplaquem seus carros no município, pois 50% do tributo fica aqui. Defendeu  a moralização do transito, assim como a criação de um dia de conscientização da coleta seletiva de lixo.

Após os esclarecimentos do Secretário de Desenvolvimento Rural, foi colocado em votação o PLO 005/2013, aprovado por 7 votos a 4.

Eleição do Corregedor da Câmara: Salmeron Filho venceu por 7 votos a 4, em votação secreta.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp