07/05/2016 às 20h01min - Atualizada em 07/05/2016 às 20h01min

CEEPTI Dionísio tem sala completamente incendiada em Corrente

Caminhões pipa da prefeitura e voluntários ajudaram a apagar o fogo

Viviane Setragni
Portal Corrente

O Centro Estadual de Educação Profissional de Tempo Integral (CEEPTI) Dionísio Rodrigues Nogueira Jr. foi alvo de um incêndio na tarde desse sábado (7), que destruiu completamente uma das salas da escola.

O incêndio foi percebido por pessoas que trabalhavam na horta comunitária e pelos estudantes que jogavam bola na quadra coberta da escola, por volta das 15h30, que acionaram imediatamente a Polícia Militar. A gerente da 15ª Gerência Regional de Educação, Luzia Lustosa, relata que, se não fosse a pronta ação da polícia militar e a presença do caminhão pipa da prefeitura, o fogo teria se alastrado para outras dependências da escola. “Em poucos minutos a polícia reuniu um bom número de voluntários, que ajudaram a jogar água na sala e a diminuir o fogo”.

Após aparentemente dominar o fogo, a polícia e os voluntários saíram da escola, mas em poucos minutos as labaredas voltaram a tomar conta do local, que foram apagadas somente com a chegada do segundo caminhão pipa da prefeitura, equipado com uma mangueira de incêndio. “Graças a Deus a prefeitura disponibilizou os caminhões, senão o fogo teria tomado conta da escola”, afirma a diretora da escola, Mirian Barbosa do Nascimento.

Arriscando a própria integridade física, voluntários adentraram na sala para retirar os objetos mais inflamáveis, dominando finalmente o fogo com grande quantidade de água dentro e fora do recinto.

Na sala incendiada estavam armazenados diversos equipamentos de laboratório, que seriam instalados em uma nova sala, assim como armários e cadeiras.

Quanto às causas do incêndio, acredita-se que tenha sido provocado pela queimada do mato em volta da escola. “Essa escola possui equipe completa de vigilantes, mas está claro que infelizmente no momento no incêndio o vigia não se encontrava na escola”, declarou Luzia.

O município de Corrente está localizado a 900 quilômetros da capital do estado, Teresina, e distante 600 quilômetros de uma unidade do Cia Destacada de Floriano do Corpo de Bombeiros, unidade mais próxima. Não há previsão de instalação de uma brigada de incêndio na região, deixando todos os municípios do extremo sul do estado completamente vulneráveis. A Polícia Militar deve ser acionada em casos de incêndio, entretanto a mesma não possui nenhum equipamento adequado para realizar atendimentos dessa natureza.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp