16/01/2014 às 00h16min - Atualizada em 16/01/2014 às 00h16min

Juiz cassa mandato de prefeito no Piauí por compra de votos

O juiz Ulysses Gonçalves cassou o mandato na manhã desta quarta-feira (15)

Portal AZ

O prefeito e vice-prefeito do município de Esperantina, Lourival Bezerra Freitas (foto) e Joe Alves de Alcântara, respectivamente, tiveram seus mandatos cassados nesta quarta-feira (15), sob acusação de abuso do poder político e econômico, gastos ilícitos durante a campanha e formação de ‘caixa dois’. A decisão é do juiz Eleitoral, Ulysses Guimarães, da 41ª Zona Eleitoral.

Tendo declarado a cassação do prefeito e nulidade dos votos, o juiz decidiu ainda pela “imediata diplomação e posse dos eleitos na segunda colocação para os cargos de Prefeito e Vice-Prefeito do Município de Esperantina”. Assim, assume a prefeitura de Esperantina a candidata petista Vilma Carvalho Amorim.

O pedido de impugnação de mandato eletivo havia sido feito pela coligação “Juntos de Novo com a Força do Povo”, integrada pelos partidos PRB/PT/PTB/PSC/PHS/PSB/PV, e Vilma Carvalho Amorim. Eles acusaram ainda, Jose Alves de Alcântara, que é médico, de ser vinculado aos quadros de servidores daquela cidade e não ter se desincompatibilizado no prazo legal, continuando a atender pessoas, o que teria caracterizado abuso de poder e captação ilícita de sufrágio.

A decisão será publica no Diário de Justiça do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí nesta quinta-feira (16).

Outras denúncias

No último dia, 19 de dezembro, um empresário divulgou vídeo onde Lourival Bezerra aparece cobrando propina de fornecedores de merenda escolar. Uma ação foi protocolada no Ministério Público Estadual pela oposição, pedindo também a cassação do prefeito. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp