11/01/2015 às 20h44min - Atualizada em 11/01/2015 às 20h44min

Spray com feijão! - Uma do véio Alexandre

Por Janio Rocha Modesto

Portal Corrente

Certa feita, meu tio Alexandre Lobato, por quem eu tinha enorme respeito, consideração e amizade e procuro sempre que possível cultivar isso com os filhos, netos, noras e aderentes, contratou Adãozinho para ser vaqueiro na Malhada Grande, fazenda dele pouco abaixo do Retiro.

De início, tudo corria bem. Adãozinho cuidando bem do gado, zelando pelos bezerros, ou seja, cumprindo todas as tarefas exigidas de um bom vaqueiro.

Porém meu tio Alexandre percebeu que o consumo de spray (mata bicheira) havia aumentado muito e resolveu questionar Adãozinho o porquê do exagero.

Certo dia, dirigiu-lhe a pergunta:

- Ô Adão, o que diabo está acontecendo aqui que spray não dá prá nada?

De pronto ele responde:

- É, seu Alexandre, de uma coisa eu tô certo...

"O sinhô nunca cumêu aqui feijão temperado com SPRAY...."

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp