24/05/2015 às 00h00min - Atualizada em 24/05/2015 às 00h00min

Forró no Paraim de Baixo...

Por Janio Rocha Modesto

Portal Corrente

Estava eu de férias em Corrente no mês de julho do ano passado, como faço regularmente sempre que tenho uma folguinha aqui em Brasília, pois a minha cidade é meu ponto, onde passo sempre minhas férias ao lado da minha família e dos amigos, onde posso deliciar de boas horas de alegria e bons papos.

Numa noite, nas primeiras horas, como se diz aí no Corrente, na boca da noite, resolvi fazer uma visitinha a meu primo João Antonio, lá na casa dele,  como religiosamente  faço sempre que estou por estas bandas..

Chegando lá estava ele, Maria, Mário Roberto, Saulo, Buíza e outros, além dos agregados, noras, netos, outros primos e por aí...

Nos acomodamos na sala de estar e começamos a papear - ele como sempre muito animado e cômico, começou a contar os causos vividos na sua juventude, onde eu começo a procurar tirar o máximo das suas pérolas.

Contava-me que na sua juventude, certo dia, juntou uma turminha de amigos: ele, Nogueirão e outros contemporâneos e combinaram para irem a uma festa no interior (um forró), aí pelas bandas do Paraim de Baixo.

Na data marcada, juntaram-se  todos bem vestidos; tiraram as melhores roupas das maletas e bem amontados em seus belos cavalos esquipadores rumaram para a casa da festa.

Chegando lá o forró já comia solto, todo mundo muito animado.  Quando a turma da cidade chegou, foi aquele alvoroço; os bochichos entre as moças começaram, com a chegada dos rapazes da rua..

Lá pelas tantas, João Antonio resolve tirar uma moça para dançar. Dirige-se à ela estende a mão, dizendo:  "Aceita minha tirada se não tiver papa xote" (era assim mesmo que se fazia na época!).

A moça, meio que tímida, responde: “Ô moço eu num tô dançando, tô parada...”, e novamente passa-lhe a taboca, dizendo: "Eu num danço com gente rica";

Ele não se contém e diz: "Pois nóis vamo morrer sem dançar, porque eu num vou acabar com minhas coisas só para dançar com você!!!

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp